14 de junho de 2024 Atualizado 14:36

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Alcaraz vence Zverev na final de Roland Garros e, aos 21 anos, bate recorde de precocidade

Por Agência Estado

09 de junho de 2024, às 16h04

O espanhol Carlos Alcaraz venceu o alemão Alexander Zverev por 3 a 2, parciais de 6/3, 2/6, 5/7, 6/1 e 6/2, neste domingo, na final de Roland Garros e se tornou, aos 21 anos e 1 mês, o mais jovem tenista a conquistar três Grand Slams em pisos diferentes na Era Aberta, a partir de 1968.

Antes de triunfar no saibro de Paris, Alcaraz foi campeão na quadra dura do US Open em 2022 e na grama de Wimbledon em 2023. Agora ele superou seu compatriota Rafael Nadal que havia vencido Grand Slams em três superfícies distintas com 22 anos e 7 meses no Aberto da Austrália em 2009.

Ao impedir que Zverev conquistasse seu primeiro Grand Slam, Alcaraz também se torna o segundo mais jovem a vencer suas três primeiras decisões desses torneios. O único a conseguir o feito de maneira mais precoce foi o sueco Bjorn Borg, com 20 anos, em Wimbledon, em 1976.

O jogo começou de maneira inusual. Zverev iniciou a partida cometendo duas dupla-faltas seguidas e decidiu trocar a raquete antes de retomar a disputa. Alcaraz aproveitou o momento de instabilidade do rival e conseguiu a primeira quebra da final. O alemão empatou o jogo na sequência. O espanhol derrubou o saque do adversário novamente no quinto game abrindo 3 a 2.

Em vantagem no placar, Alcaraz passou a variar as jogadas e a dominar os pontos a partir do fundo da quadra. Após quebrar mais uma vez o serviço do rival, que conseguiu apenas três bolas vencedoras e cometeu dez erros não forçados, Alcaraz fechou o primeiro set em 6/3 em 43 minutos.

Após ter perdido o set inicial e desperdiçado três break points no game inicial da segunda parcial, Zverev conseguiu se recuperar apostando no saque. Ele acertou 83% do primeiro serviço e ganhou 80% desses pontos no segundo set, conseguiu empatar o jogo ao marcar 6/2.

No terceiro set, o alemão repetiu um feito que havia conseguido no segundo e venceu na sequência cinco games seguidos. Alcaraz parecia ter a parcial sob controle, com o saque, 5/3 e 30 a 0 no placar, mas Zverev engatou a sequência vencedora e fechou o set em 7/5.

O momento parecida muito propício ao alemão, mas foi a vez de Alcaraz vencer games em sequência. O número três do mundo derrubou duas vezes o serviço de Zverev a abriu 4 a 0. Ao perder o serviço pela primeira vez no set, o espanhol solicitou atendimento do fisioterapeuta para a perna esquerda. Mesmo sem estar 100% fisicamente, fechou em 6/1 e levou a decisão para o quinto set.

O espanhol conseguiu manter a consistência, evitar uma nova reviravolta no jogo e fechou o set em 6/2, a partida em 3 sets a 2 e conquistar Roland Garros pela primeira vez.

Roland Garros é um Grand Slam especial para o espanhol. Nas 20 edições disputadas após o nascimento de Alcaraz, a Espanha celebrou a conquista de um tenista do país 15 vezes, incluindo o título do técnico de Alcaraz, Juan Carlos Ferrero. “Tenho um sentimento por este torneio. Lembro que após a escola corria para casa para ligar a TV e assistir aos jogos”, afirmou ele após avançar à final. “Queria colocar o meu nome na lista dos espanhóis que venceram este torneio.”

Neste domingo, ele conseguiu.

Publicidade