07 de março de 2021 Atualizado 11:58

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura

Uma mistura de gerações

Após participar da reta final do “The Voice Kids”, Mumuzinho estreia como jurado do “The Voice+”

Por Caroline Borges_Tv Press

05 fev 2021 às 07:20

Mumuzinho tem uma ampla compreensão do significado do “The Voice+” para os mais diversos participantes. Natural do bairro de Realengo, no Rio de Janeiro, o cantor começou a ficar conhecido no mundo do samba e do pagode ao ganhar oportunidades nos palcos de cantores como Belo e do extinto grupo Exaltasamba.

No ano passado, Mumuzinho assumiu o posto de Claudia Leitte na reta final da temporada do “The Voice Kids” – Foto: Divulgação

Não à toa, ao ver cada candidato do “reality show” subir no palco, Mumuzinho aciona as memórias do início de sua carreira na música.

“Esse programa tem muito a ver comigo. Vim de oportunidades, subi em vários palcos onde era observado. Estou muito feliz de participar desse projeto. Estamos nos motivando a cada apresentação que assistimos, com as histórias de vida, não só as vozes. Estamos aprendendo muito”, elogia.

Apesar de ser um dos técnicos novatos do programa, Mumuzinho já tinha uma rápida relação com a cadeira de jurados do formato musical. No ano passado, ele assumiu o posto de Claudia Leitte na reta final da temporada do “The Voice Kids”, que havia sido interrompida por conta das medidas de isolamento social em virtude da pandemia do novo coronavírus.

“A emoção de participar do ‘The Voice+’ é incrível. O ‘The Voice Kids’ já me proporcionou essa alegria, essa emoção, de fazer parte do sonho de milhões de crianças que têm o talento da voz. Impactar a vida dessas crianças e levar um pouco do legado do que vivi não tem preço”, valoriza Mumuzinho, que está animado em lidar com uma geração diferente de cantores.

“Essas pessoas cantam há bastante tempo e, talvez, não tenham tido oportunidade de mostrar isso… Eu quero conhecer esses sonhos. O ‘The Voice+’ vai abrir as portas para que eles possam cantar e nos emocionar”, completa.

Experiências
Aos 37 anos, Mumuzinho tem se deparado com participantes com uma trajetória profissional mais extensa do que a sua. Ainda assim, o cantor não vê problemas nesse choque de gerações. Para ele, a troca de experiencias é o que enriquece o formato.

“Acho que a novidade está exatamente aí, fazer algo totalmente novo com talentos de 60 anos ou mais. Um ‘talent show’ é empolgante para qualquer idade, imagina somar essa empolgação com a experiência que estes candidatos trazem. A energia aqui é maravilhosa. Pude sentir que ali não estamos só para ensinar, mas aprendemos muito com cada candidato que passa por aquele palco”, afirma.

Com uma carreira de sucesso no universo do samba e do pagode, o cantor também aproveita a experiência no “The Voice+” para passear por outros estilos musicais. Mumuzinho garante que costuma ouvir todos os gêneros em seus momentos de lazer.

“As gravações e as escolhas dos participantes pelos times nos trazem uma sensação muito legal. É uma troca bastante humanizada e eu fico muito feliz de estar ali. Eu adoro música e escuto de tudo, então mais que a música escolhida, as vozes são impactantes e eu estou aprendendo tanto com elas. Que legal poder sair da zona de conforto e sentir isso. Estou curtindo ter a oportunidade de conhecer todos os gêneros”, ressalta.

Publicidade