06 de março de 2021 Atualizado 19:05

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura

Tempo precioso em que viveu o romântico Fred

Longe da tevê, Luigi Baricelli retorna ao ar na reprise de “Laços de Família” no “Vale a Pena Ver de Novo”

Por Talita Bristotti

21 fev 2021 às 09:28

Luigi Baricelli tem bastante facilidade para falar de “Laços de Família”, que atualmente vai ao ar no “Vale a Pena Ver de Novo”. A clássica novela de Manoel Carlos marcou a estreia do ator no horário das nove. Pouco mais de 20 anos após a exibição original do folhetim, o ator de 49 anos ainda relembra com frescor todos os detalhes que envolveram a produção das nove, em que viveu o romântico Fred.

Cercado por um elenco estrelar, Luigi ressalta o intenso trabalho diante do vídeo. “Era como um ‘dream team’ em cena, sabe? Todo mundo colocou paixão nesse trabalho. Era dramaturgia na pura essência. Um grupo com uma força absurda de fazer acontecer. Foi mais do que uma novela, foi uma lição de vida. Tive momentos especiais demais. Sou italiano e, se deixarem, fico falando da novela por horas e horas”, afirma.

Mais de duas décadas da exibição original, Luigi sabe que muita coisa mudou em sua carreira e no ambiente da televisão – Foto: Divulgação

Na trama, o ator interpretou o filho mais velho de Helena, papel vivido por Vera Fischer. No entanto, foi o envolvimento de Fred com a garota de programa Capitu, personagem de Giovanna Antonelli, que chamou a atenção do público. Os dois enfrentaram diversos altos e baixos até terminarem o folhetim juntos.

“A parceria com a Giovanna foi incrível. Ela me ajudou muito durante a novela. Tivemos um entrosamento muito grande, vivemos aquilo intensamente. Nosso bastidor era só risada, nunca parávamos de rir. A gente se divertia muito. Tive vários momentos com muitos atores também. Feliz que estivemos juntos nesse projeto”, relembra.

NO EXTERIOR

Mais de duas décadas da exibição original, Luigi sabe que muita coisa mudou em sua carreira e no ambiente da televisão. Atualmente, ele mora nos Estados Unidos com a mulher, Andreia, e os dois filhos, Vittorio e Vicenzo. Longe do cenário artístico, Luigi atua como investidor no mercado imobiliário. “Hoje, o cenário é completamente diferente. As gravações são de outra forma. Lembro que a gente gravava com câmeras escondidas pelas ruas do Leblon. A cidade pulsava a cada novela do Maneco. Ele fazia o Rio bombar. A relação com o público era muito próxima. Afinal, a gente gravava todos os dias por aquelas ruas”, valoriza.

Apesar de dividir boa parte de suas cenas com Giovanna e também com Regiane Alves, que viveu a mimada Clara, Luigi contracenou constantemente com a pequena Júlia Maggessi, que vivia Nina, a filha do casal Fred e Clara. Com apenas dois anos, Julia conquistou a simpatia do autor e ganhou diversas falar nos capítulos da novela.

Luigi, então, precisou chegar mais cedo para ensaiar com a pequena atriz. “Eu comecei a conversar com ela e a gente batia papo. O Maneco gostou e começou a escrever para ela (risos). Então, eu e a Regiane chegávamos mais cedo na gravação para ajudá-la com o texto. Ele é um autor bastante aberto ao que vai surgindo. Era muito bonitinho ver a Julinha em cena”, derrete-se.

Publicidade