Tempo é protagonista de peça distópica no Fábrica

Teatro da Associação Fábrica das Artes recebe neste sábado e domingo a peça ‘Os Que Têm Hora Marcada’, dos alunos do curso livre


Um mundo em que todos sabem o momento exato em que morrerão e onde as pessoas têm como nome exatamente o período de vida. Esse é o universo distópico da peça “Os Que Têm Hora Marcada”, espetáculo que será encenado no Fábrica das Artes, em Americana, neste sábado e domingo. Inspirado no texto de Elias Canetti, prêmio Nobel de literatura em 1981, a encenação tem no próprio tempo o seu personagem mais importante.

“O texto de Canetti fala dessa sociedade em que o medo e a incerteza sobre a morte não existem mais, já que todos sabem exatamente o momento certo de sua morte. No entanto, o autor não aborda essa questão de maneira melancólica, muito pelo contrário: o texto é tratado de maneira sutil, poética e até mesmo engraçada em determinados momentos”, explicou o orientador do espetáculo, Bruno Cardoso.

Foto: Divulgação
Apesar do texto rer sido escrito na década de 1960, elenco acredita que ele continua muito atual

Embora tenha sido escrito em 1964, Cardoso reforçou que esse assunto – o tempo – nunca esteve tão em alta como hoje em dia. “O tempo hoje é algo muito importante para o ser humano, que nunca tem tempo para fazer aquilo que realmente gosta, que passa tempo demais no trabalho ou está sempre preocupado com o que vai fazer durante o dia e se vai ter tempo para fazer tudo o que precisa. São questões que a peça também traz”.

No espetáculo, toda a sociedade parece viver feliz com o tempo que lhe resta. As pessoas planejam suas vidas de acordo com o tempo que lhes é arbitrariamente concedido e todos parecem satisfeitos. O que significa a vida e o que acontece quando alguém coloca todo o sistema em questão? Esses são questionamentos que a protagonista, Cinquenta, também se faz – e que permeiam toda a narrativa.

Partida

“Os Que Têm Hora Marcada” foi inteiramente produzido pelos alunos do curso livre de teatro do Fábrica das Artes e traz muitas das vivências e experiências dos próprios estudantes para dentro da encenação. “O texto de Canetti serve de ponto de partida, inspiração, mas há algumas mudanças. Mesmo quem já conhece esse espetáculo terá algumas boas surpresas”, garantiu o orientador.

O espetáculo faz parte da programação da 16º Mostra de Alunos do Fábrica das Artes, que segue com “Os Livros da Magia”, nos dias 12 e 13 e “Homens de Papel”, nos dias 14 e 15.

Acontece

A peça “Os Que Têm Hora Marcada” será encenado neste sábado e domingo, às 20h. Os ingressos variam de R$ 5 a R$ 20. O Fábrica das Artes fica na Rua Dr. Cícero Jones, 146, na Vila Rehder. Informações pelo telefone 3645-1990.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora