Peleco vive momento de reencontro com lado autoral – O Liberal

Peleco vive momento de reencontro com lado autoral

Com 30 anos de carreira, o cantor e compositor mostrou seu talento durante show no evento de lançamento da FM Gold (94.7 FM), na última terça


Com 30 anos de carreira, o cantor e compositor Peleco acumula experiência na área. Natural de São José dos Campos (SP), ele fez seu nome no Vale do Paraíba como intérprete de grandes sucessos em palcos dos mais variados eventos. Dono de oito discos independentes, uma passagem de cinco anos pela Gravadora Som Livre e autor com cerca de cem canções, o artista quer dar um passo a mais e vive um momento de reencontro com seu lado autoral.

“Quero evidenciar mais as minhas músicas”, ressalta o artista de 46 anos, que na noite de terça-feira mostrou seu talento durante show no evento de lançamento da FM Gold (94.7 FM), emissora do Grupo Liberal de Comunicação.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Peleco canta durante o lançamento da rádio FM Gold (94,7 FM), na noite da última terça-feira

“Para o Mundo Ouvir”, título do seu mais recente trabalho, já mostra mais o lado compositor de Peleco. Produzido por Lua Lafaiete, conta com sete faixas autorais e apenas três regravações, entre elas “Largado no Mundo” (Cazuza) e “Muito Romântico” (Caetano Veloso). Essa última já faz parte da programação da FM Gold.

Em 2008, o cantor já havia lançado um álbum autoral pela Som Livre com produção de Guto Graça Mello e participações de Alceu Valença, Netinho da Bahia e George Israel. “Foi um trabalho muito bacana, mas infelizmente não foi possível levá-lo adiante porque não tive como sustentá-lo financeiramente”, lembra o artista.

Peleco deixou a gravadora em 2013 e depois de manter seu lado autoral adormecido por alguns anos, decidiu que era hora de voltar. “Meu álbum mais recente é uma produção mais madura e tem uma galera boa tocando comigo e que me trouxe uma nova esperança”, comenta, citando como exemplo a participação do baixista Marcelo Mariano, da banda de Djavan, no álbum.

O cantor também aposta na internet como vitrine para o seu trabalho. Pensando nisso montou um estúdio em São José dos Campos, onde produzirá conteúdo para abastecer suas redes sociais. A ideia é aproveitar o espaço para se apresentar com platéia, gravar o show e depois postar. O projeto terá inicio ainda neste começo de ano. “Assim que passar o Carnaval já começo os ensaios”, avisa.

Paralelo aos novos projetos, Peleco mantém sua rotina de shows mostrando suas canções e interpretando sucessos consagrados. “Meu repertório preserva minha identidade. Mesmo nas interpretações dou uma roupagem atualizada”, diz o cantor que já realizou mais de quatro mil shows no Brasil e em países como Inglaterra, França, Uruguai e EUA.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora