23 de junho de 2024 Atualizado 14:22

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura

Maria Rita canta Elis e presta homenagem a Marielle Franco no encerramento da Virada Cultural

Por Agência Estado

20 de maio de 2024, às 09h56

Maria Rita encerrou a Virada Cultural 2024 no Palco Butantã com um setlist recheado de sucessos e cantando para uma plateia que assistia até de camarote – nas janelas das casas bem na frente do palco.

O início do show foi marcado por um atraso de mais de 40 minutos, aumentando a expectativa do público pela performance. Ao som “é a melhor cantora do Brasil”, Maria Rita subiu ao palco e foi recebida com uma ovação, emocionando a todos já nas primeiras notas.

“Vamos fazer uma homenagem à dona mamãe… vocês me acompanham?”, propôs antes de interpretar O Bêbado e o Equilibrista, um dos pontos altos do show. Durante a música, ela prestou uma homenagem a Marielle Franco, assassinada em 2018 – uma foto dela apareceu no telão enquanto a artista cantava o verso “com tanta gente que partiu…”

Maria Rita emendou a canção imortalizada na voz de Elis Regina com O Show tem que Continuar, de Arlindo Cruz, em outro momento marcante de sua apresentação.

Ao cantar Cara Valente, a cantora chegou a passar o microfone para o público, que cantou cada verso com entusiasmo. Muito à vontade, Maria Rita chegou a tirar os tênis para aproveitar ainda mais o momento que estava criando.

“Estou profundamente agradecida pelo carinho”, disse ela, visivelmente emocionada, nas palavras finais do show. “Estou emocionada porque cantar aqui, na minha cidade, é sempre um prazer enorme. Sempre encontro uma desculpa para voltar a São Paulo”, acrescentou.

“A importância de uma iniciativa que permite às pessoas acessarem cultura e arte gratuitamente é imensa, e espero que esse projeto continue vivo. Todos nós precisamos disso. Um país sem cultura é um país sem memória”, disse a cantora.

Publicidade