28 de maio de 2024 Atualizado 23:19

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura

Famosos lamentam a morte de Paulo César Pereio

Por Agência Estado

13 de maio de 2024, às 14h07

O corpo do ator e diretor Paulo César Pereio, que morreu em decorrência de uma doença hepática no domingo, 12, será velado e enterrado na próxima terça-feira, 14. O velório ocorrerá entre 10h e 15h, na Estação Net Rio, e o sepultamento será às 16h30, no Cemitério São João Batista, no bairro de Botafogo.

Pelas redes sociais, diversos famosos prestaram homenagens e lamentaram a morte do ator. Cissa Guimarães, com quem o ator foi casado nas décadas de 1970 e 1980, que fez um relato emocionado.

O ator Stepan Nercessian, presidente do Retiro dos Artistas, onde Pereio morava nos últimos anos, fez uma publicação lamentando a morte do ator. Diversos artistas o acompanharam nos comentários, como Elizabeth Savala, que endereçou os sentimentos à colega e ex-mulher de Paulo Cesar: “Cissa Guimarães e lindos filhos, meus sinceros sentimentos”. Julio Andrade prestou condolências: “Ah, meu amigo. Que perda! Meus sentimentos!”.

A cantora Fafá de Belém, amiga do artista, também fez questão de homenageá-lo, assim como a atriz Zezé Mota, que relatou a saudade que sentirá do ator.

Quem também deixou seu último recado para Pereio foram o ator Tuca Andrada e a atriz Lúcia Veríssimo. Ambos publicaram fotos do artista em suas redes sociais e agradeceram pelo aprendizado que tiveram com ele.

Paulo César Pereio, 83 anos, deu entrada no Hospital Casa São Bernardo, na Barra da Tijuca, na madrugada do último domingo, 12. Segundo a instituição, ele já chegou em estado grave e, apesar dos esforços e todo o suporte, ele acabou não resistindo.

Nascido em Alegrete, no Rio Grande do Sul, nos anos 1940, foi um grande ator de TV, teatro e cinema, acumulando trabalhos icônicos como em Roque Santeiro, Salvador da Pátria e A Viagem. Desde 2020, vivia no Retiro dos Artistas, na zona oeste do Rio de Janeiro. Foi casado com Cissa Guimarães entre os anos de 1975 e 1990 e teve dois filhos, João Velho e Thomaz Velho.

Publicidade