23 de junho de 2024 Atualizado 14:22

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura

A descendente libanesa Isa Salmen volta às origens com a concubina Farah, de ‘A Rainha da Pérsia’

Trama conta a história de Hadassa, nome hebraico da Rainha Ester – que, aliás, já foi protagonista de outras duas produções exibidas pela emissora

Por MÁRCIO MAIO - TV PRESS

28 de maio de 2024, às 14h50

Há personagens que aproximam os atores de suas próprias origens. Isa Salmen sentiu isso quando foi convidada pela Record para dar vida à exuberante Farah, de “A Rainha da Pérsia”, nova série bíblica da Record, prevista para estrear em junho. Em cena, ela aparecerá dançando, algo que já fazia longe das câmeras. “Eu dançava a dança do ventre e dos sete véus. Sou de origem libanesa e, na minha família, isso é bastante comum. Mas fazia bastante tempo que não praticava”, entrega a atriz, que agora tem aulas por conta do trabalho.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A trama, escrita por Cristiane Cardoso, conta a história de Hadassa, nome hebraico da Rainha Ester – que, aliás, já foi protagonista de outras duas produções exibidas pela emissora, ambas intituladas “A História de Ester”, em 1998 e 2010. Farah, personagem de Isa, é uma das concubinas do rei. “Ela é uma jovem linda, de origem árabe e personalidade forte e arrogante. Vai fazer de tudo para conquistar um espaço no coração de Xerxes, o Rei da Pérsia”, adianta Isa.

Essa é a quinta vez que a atriz marca presença em uma produção bíblica da Record. Antes, ela esteve em “Os Dez Mandamentos”, “O Rico e Lázaro”, “Gênesis” e “Reis”. Mesmo assim, se mostra completamente deslumbrada com o que tem visto. “É um projeto único, extremamente refinado. Os figurinos estão lindíssimos, assim como a cenografia, a fotografia e a direção do Leo Miranda. As gravações no Marrocos têm paisagens paradisíacas e muitas emoções”, promete.

Para o papel, Isa teve uma preparação com a coach Rosana Garcia. “Fizemos leitura de mesa e construímos as camadas de cada personagem”, conta. Apaixonada por História, a paulista resolver ler tudo que encontrou sobre a antiga Pérsia. “Também assisti a alguns filmes sobre aquele período e li o livro de Ester da ‘Bíblia’”, diz.

Isa garante ser estudiosa, mas uma de suas principais paixões parece estar relacionada com o turismo. Afinal, ela afirma ter visitado mais de 86 países ao longo de seus 32 anos. “Sou apaixonada por culturas diferentes, sempre busco conhecer outros costumes e povos. Acho fascinante”, vibra, mostrando que o fato de “A Rainha da Pérsia” retratar um período e uma sociedade tão distante dos dias atuais é um dos fatores que mais estimulam seu processo de criação.

Recentemente, Isa ganhou destaque na Globo como a garota de programa Sandrinha em “Fuzuê”, na faixa das 19h. Mas seu nome foi muito noticiado quando se tornou público seu namoro com Fabio Assunção. Os dois atuaram juntos na série “Fim”, disponível no Globoplay. “Estou me sentindo muito feliz e realizada em todas as áreas da minha vida! Acho que colhemos o que plantamos. Quando se planta amor e dedicação, pode até demorar um pouco, mas não tem como colher algo diferente em troca”, filosofa.

“A Rainha da Pérsia” – Record – Estreia prevista para junho.

Publicidade