22 de outubro de 2020 Atualizado 14:33

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Blog da Eclética - por Jucimara Lima

Vacinar é Proteger

Por Jucimara Lima

16 out 2020 às 18:06

Na semana do Dia das Crianças e no mês da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomelite no Brasil e de Multivacinação, abrimos espaço na Eclética para ressaltar a importância de manter a imunização dos pequenos em dia, não apenas contra a polio, como também todas as outras doenças que podem ser evitadas através da vacinação.
Em todo mundo, o Rotary Internacional levanta a bandeira contra essa doença e no Brasil não é diferente. Em nossa cidade, os Rotary Clubs de Americana, Americana Ação e Americana Integração estão na luta pela erradicação da poliomielite há mais de 30 anos, através do programa Polio Plus. Por esse motivo, a amiga Adriana Souza, atuante rotariana do Rotary Club de Americana, nos deu a ideia e o suporte para fazer essa coluna, como forma de informar os pais sobre a importância da vacinação. “É um ato de amor”, comenta ela sobre a ação cujo slogan é “Vacinar é Proteger”.
Para atualizar a carteirinha de vacinação dos pequenos, basta os pais ou responsáveis procurarem o postinho mais próximo, lembrando que a campanha vai até dia 30.

Sobre a Campanha

Amanhã, acontece o dia “D”, quando os postos de saúde de todo país estarão abertos para promover um dia todo de vacinação. O público alvo da campanha contra a Poliomelite são crianças menores de 5 anos, contudo, a Campanha de Multivacinação, ou seja, outras vacinas igualmente importantes, visa atingir adolescentes de até 15 anos, que não estejam com suas vacinas atualizadas. O dia 24 de outubro é considerado o Dia Mundial de Combate à Polio.

A doença

A Poliomelite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus e, em casos graves, pode levar a paralisias musculares, ou até mesmo à morte. A vacinação é a única forma de prevenção. No Brasil, o último caso de infecção pelo poliovírus selvagem ocorreu em 1989. Em 1994, o país recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde a certificação de área livre de circulação do vírus, um passo importante para a erradicação da doença.

Fonte: Agência Brasil

Jucimara Lima

Blog da colunista social do LIBERAL, Jucimara Lima, com notícias e informações sobre Americana e região!