22 de novembro de 2020 Atualizado 13:56

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Memória Eleitoral

Um panorama das eleições de 2008 em Americana

Após dois mandatos como vereador, Diego de Nadai foi eleito prefeito por uma diferença de 1.579 votos sobre Antonio Mentor (PT)

Por Reginaldo Gonçalves

04 nov 2020 às 09:13

As eleições de 2008 resultaram na vitória de Diego De Nadai, na época no PSDB, sobre Antônio Mentor (PT), por uma diferença de 1.579 votos para o cargo de prefeito.

Diego havia sido eleito vereador pela primeira vez, no ano de 2000, quando tinha 20 anos. Foi reeleito em 2004, com mais de três mil votos e no ano de 2006 chegou a fazer dobradinha com Chico Sardelli. Ele disputou uma vaga de deputado federal e Sardelli saiu como estadual. Diego ficou como suplente.

Além da vitória apertada sobre Mentor, o que mais chamou a atenção naquele ano foi a votação recebida por três candidatos a vereador: Luciano Corrêa, Cauê Macris e Antonio Carlos Sacilotto, todos do PSDB.

Corrêa, Cauê e Sacilotto receberam juntos 11.522 votos, o que representou mais de um terço dos 35.537 votos conquistados por Diego. Luciano Corrêa foi o mais votado entre os três com 4.194 votos, ficando Cauê Macris em segundo com 3.745 e Antonio Carlos Sacilotto com 3.583.

O detalhe curioso é que com a maioria na câmara o prefeito Diego não teve problemas para administrar e praticamente todos os projetos eram aprovados. Os tucanos também ficaram no comando do Legislativo nos dois biênios. Cauê foi eleito presidente para a primeira gestão (2009-2010) e Sacilotto foi seu sucessor (2011-2012).

Apenas Sacilotto foi o vereador que permaneceu no cargo durante os quatro anos. Cauê foi vereador apenas por dois anos já que em outubro de 2010 resolveu disputar uma vaga de deputado estadual. Ele fez dobradinha com o seu pai, Vanderlei Macris, que já era deputado federal. Os dois foram eleitos e Cauê hoje está no seu terceiro mandato.

O tucano já exerceu o cargo de presidente da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) e cumpre atualmente mais um mandato, pois foi reeleito.

Sacilotto acabou reeleito vereador em 2012 e terminou mais um mandato ao final de 2016. Naquele ano não conseguiu a reeleição e agora ficou fora da disputa. Já Luciano Corrêa chegou a ocupar as funções de secretário de Ação Social e Educação. Quando Diego perdeu o cargo ele voltou ao Legislativo e em 2016 tentou ser prefeito, mas ficou em terceiro.

Reginaldo Gonçalves

O jornalista Reginaldo Gonçalves traz fatos que recontam a história das eleições em Americana e região.