17 de junho de 2024 Atualizado 10:02

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Editorial

Um olhar para os centenários

Matéria da edição deste sábado do LIBERAL mostrou que o número de centenários em Americana mais que dobrou nos últimos 12 anos

Por Redação

05 de novembro de 2023, às 10h01 • Última atualização em 05 de novembro de 2023, às 10h04

Matéria da edição deste sábado do LIBERAL, da repórter Ana Carolina Leal, mostrou que o número de centenários em Americana mais que dobrou nos últimos 12 anos, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A quantidade de pessoas com 100 anos ou mais na cidade passou de 11 para 24. Há 15 mulheres e nove homens nessa faixa etária. A comparação levou em conta os resultados dos Censos de 2010 e 2022.

Parece um número pequeno perto da população de Americana, que é de 237.240 pessoas, porém, é necessário analisar que esse fato demonstra uma tendência nacional. De acordo com a PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, divulgada pelo IBGE, a parcela da população acima dos 60 anos passou de 11,3% para 15,1% entre 2012 e 2022. De volta na RPT (Região do Polo Têxtil), a vizinha Sumaré também observou um aumento no número de centenários: de 17 para 21.

Assim, é preciso observar quais as políticas públicas estão sendo efetivadas para que os idosos possam ser atendidos eficazmente pelos municípios, fortalecendo atendimentos e aumentando a qualidade de vida, inclusive com a diminuição da desigualdade social, que impacta de maneira ainda mais direta essa população.

Em Americana, por exemplo, a prefeitura afirmou que tem trabalhado em várias frentes para oferecer mais qualidade de vida e destacou como exemplo investimentos na atenção primária na saúde que elevaram a cobertura da atenção básica de 10% para 53%, e a promoção de esporte e lazer para a terceira idade.

Em âmbito nacional, o Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania criou recentemente o programa “Envelhecer nos Territórios”, com o objetivo de tornar as políticas públicas para os idosos mais satisfatórias. A medida foi instituída em setembro e buscará qualificar e equipar órgãos estaduais e municipais para fortalecer os direitos humanos voltados à pessoa idosa.

É fundamental o olhar dos gestores públicos para essa população. E também essencial a continuidade de planos que garantirão condições adequadas aos futuros idosos, para que cada vez mais pessoas alcancem o status de centenários.

O Liberal

Neste blog, você encontra a opinião do Grupo Liberal por meio dos textos editoriais. Há mais de 70 anos, no coração e no espírito, compromisso com a verdade.