07 de julho de 2022 Atualizado 12:39

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Editorial

Tarifa a R$ 10

Ainda que exista uma necessidade de equilíbrio contratual, haja vista o cenário econômico, não pode a população ser duramente penalizada

Por Redação

15 de maio de 2022, às 08h31

O cidadão que depende do transporte público urbano em Americana provavelmente tomou um susto quando viu a notícia de que a Sancetur, ou Sou Americana, empresa responsável pelo serviço na cidade, mostrou sua intenção de batalhar por um reajuste na passagem neste ano. Na verdade, um aumento que pesaria imensamente no bolso dos passageiros e que talvez fizesse da cidade uma das com a passagem de ônibus mais caras do País.

Em entrevista ao LIBERAL na terça-feira, Marco Chedid, proprietário da Sancetur, afirmou que já está na briga com a prefeitura para que o valor da tarifa aumente no município. Hoje, o valor cobrado é de R$ 4,70, mas por conta de um subsídio pago pelo governo municipal, de até R$ 150 mil por mês, que evita que a passagem custe mais caro. A Sancetur, no entanto, quer a cobrança em R$ 10,24.

A alegação da empresa é a de que os custos do serviço explodiram. Entidades do setor afirmam, por exemplo, que o gasto com funcionários, que costumava ser o mais alto até então, foi ultrapassado pelo gasto com diesel, que teve novo aumento na última semana.

O pedido de aumento da tarifa será alvo de debate entre prefeitura e empresa. Mas vale adiantar que uma tarifa a R$ 10 é inviável e inaceitával, ainda mais em tempos de transporte por aplicativos, capazes de permitir viagens mais baratas. Isso mesmo que haja, por parte do governo, uma elevação do teto do subsídio, que, no momento, parece ser uma das poucas saídas para segurar a bronca da tarifa – que tem grandes chances de parar na Justiça.

Ainda que exista uma necessidade de equilíbrio contratual – e o noticiário econômico evidencia isso diariamente -, é importante que a população não seja, mais uma vez, duramente penalizada com mais um serviço essencial se tornando um peso no orçamento doméstico.

O Liberal

Neste blog, você encontra a opinião do Grupo Liberal por meio dos textos editoriais. Há mais de 60 anos, no espírito e no coração, compromisso com a verdade.