29 de outubro de 2020 Atualizado 18:56

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Editorial

Sobre a própria história

Por Redação

02 ago 2020 às 10:22 • Última atualização 02 ago 2020 às 10:23

Preservar a história e corriqueiramente recorrer a ela para interpretar o presente é uma das lições que os veículos de comunicação se prestam a fazer no seu trabalho diário.

Olhar para eventos ou dados de um, cinco, dez ou sessenta anos atrás e pareá-los com os atuais faz parte do exercício diário de identificar tendências, compreender se estamos em um estágio de avanço ou regressão – política, economia e socialmente –, procurar explicações que porta-vozes no exercício de suas funções não são capazes de encontrar, explicar por que determinada situação está no ponto em que chegou.

O jornalismo se executa no presente. Páginas como as que você, leitor, tem em mãos nesse momento começam o dia em branco, invariavelmente.

Trata-se de um ofício que busca também, sim, antecipar ações que se revelarão no fundo, sem a pretensão, é claro, de descrever fatos que ainda não aconteceram, mas que tem no contexto histórico o seu alicerce.

Jornais são feitos de papel e tinta, do trabalho de seus editores, repórteres e fotógrafos, paginadores, contatos comerciais e administradores, vendedores, gráficos e entregadores, mas também da sua própria história.

Por isso, episódios como este que completa 60 anos neste fim de semana, noticiado na edição deste sábado, no caso a depredação da primeira sede do LIBERAL como retaliação a uma cobertura do jornal que desagradou poderosos, devem ser lembrados sempre que possível e colocados em perspectiva diante dos dias atuais.

Guardadas as proporções necessárias, o empastelamento deste jornal em 1960 guarda semelhanças com as ações atuais de guerrilhas digitais contra veículos de comunicação.

Só que a incompreensão de pontos de vista e do papel da imprensa transformada em combustível para a violência e a tentativa de silenciar seu trabalho não foi frutífera em seis décadas. Seguimos, pois, calejados desde então, coletivamente resilientes.

O Liberal

Neste blog você encontra a opinião do Grupo Liberal de Comunicação, por meio dos textos editoriais publicados na edição impressa.