05 de agosto de 2021 Atualizado 11:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

Servidor aposentado pode ser prejudicado

Por Antonio Tuccilio

18 jun 2021 às 08:23

É um equívoco achar que a PEC 32, mais conhecida como Reforma Administrativa, afetará somente os futuros servidores e que aposentados e servidores atuais não precisarão se preocupar. Certo? Errado. E eu explico o porquê.

Que a reforma prevê o fim de concursos públicos não é surpresa. Você já parou para pensar os problemas advindos dessa decisão? Sem os concursos, alguns cargos serão extintos. Simples assim. Sem concursados, os sistemas próprios de Previdência se rompem e os governos terão caminho livre para aumentar ainda mais os descontos previdenciários.

Como está proposta, a reforma fará com que tudo passe para o chamado regime geral, o que afeta diretamente a remuneração dos aposentados.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, declara que não há riscos para a estabilidade do servidor e que 90% da categoria têm estabilidade, ao contrário de outros países, nos quais o índice não chega a 5%. Ouso dizer que o ministro está enganado (não seria a primeira vez). A aprovação da PEC Emergencial uns meses atrás, que promoveu o congelamento de salários de milhares de funcionários públicos, ajuda a provar que estabilidade para os servidores não é exatamente a especialidade do atual governo.

Eles se esquecem de que somos fundamentais para o País. Somos médicos e médicas, enfermeiros e enfermeiras, professores e professoras, também policiais e representantes de dezenas de outras carreiras essenciais. Servidores públicos, ao contrário do que muitos acreditam, não são faraós ou dormem todas as noites em uma mina de ouro.

A Reforma Administrativa não prejudica somente os 11,7 milhões de funcionários públicos do País. Precarizando o serviço público vai prejudicar 218 milhões de pessoas. Pelo Brasil e nosso futuro, não à Reforma Administrativa.

Antonio Tuccilio é presidente da CNSP (Confederação Nacional dos Servidores Públicos)

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos para o e-mail opiniao@liberal.com.br.