22 de julho de 2024 Atualizado 22:34

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Suas Telas

Seriais

Destaques das séries e conteúdo "on demand" de 15 a 21 de outubro

Por Geraldo Bessa - TV Press

15 de outubro de 2023, às 17h48

Alto mar

A segunda temporada da série de comédia Max Original “Nossa Bandeira é a Morte” estreia na HBO Max. Com oito episódios, a trama é vagamente baseada nas verdadeiras aventuras do aspirante pirata do século 18, Stede Bonnet (Rhys Darby). Após trocar a vida aparentemente abençoada de um cavalheiro pela de um aventureiro destemido, Stede tornou-se capitão do navio pirata Revenge. Lutando para conquistar o respeito de sua tripulação potencialmente amotinada, a sorte de Stede muda após um encontro fatídico com o infame Capitão Barba Negra (Taika Waititi). Para surpresa deles, o muito diferente Stede e Barba Negra encontraram mais do que amizade nos mares revoltos, eles encontraram o amor. Agora, ambos têm que sobreviver a isso. No elenco, Ruibo Qian, Madeleine Sami, Anapela Polataivao, Minnie Driver e Bronson Pinchot, entre outrosHBO Max – dom – 15.

Por justiça

A BailarinaFoto:

Novidade na Netflix, o longa “A Bailarina” começa com o reencontro de duas ex-colegas de classe: a guarda-costas Ok-ju (Jun Jong-
seo) e a bailarina Min-hee (Park Yu-Rim). Após se aproximarem novamente, as amigas passam a se apoiar diante dos momentos difíceis que enfrentam. Entretanto, tudo muda quando Ok-ju encontra o corpo da amiga e uma carta enigmática pedindo vingança. Então, a protagonista decide usar as habilidades de defesa e investigação para encontrar os culpados do assassinato. Assim, a jovem inicia uma caçada contra Choi Pro (Kim Ji-hoon), um rapaz sádico e perigoso. Para chegar até o suspeito da morte da amiga, a heroína terá que mergulhar no submundo de gangues e drogas de Seul, na Coreia do Sul. A partir daí, o espectador segue a tensa jornada de Ok-ju para vingar a morte da melhor amiga. Um caminho sangrento com várias cenas de lutas corpo-a-corpo, momentos de tiroteios e vários outros conflitos contra os vilões. Netflix – seg – 16

Jeito do Rio

How to be a CariocaFoto:

Chega ao Star+ a esperada “How To Be a Carioca”. Baseada no best-seller homônimo de Priscila Ann Goslin, a série exclusiva e original do serviço de streaming é um verdadeiro manual de sobrevivência na Cidade Maravilhosa em que a cada episódio, estrangeiros viverão uma aventura no melhor estilo “gringo” na tentativa de se adaptar à cultura local. Para guiar e encurtar esse caminho de integração aparece Francisco, interpretado por Seu Jorge, o melhor guia carioca que eles poderiam ter. Dentre as nacionalidades dos estrangeiros que se apaixonam pelo Rio de Janeiro, temos personagens da Alemanha, Argentina, Israel, Angola e Síria. Com direção artística de Carlos Saldanha, o elenco da série conta com nomes como Débora Nascimento, Douglas Silva, Raquel Villar e Malu Mader, entre outros. As músicas que embalam os seis episódios são cantadas por Seu Jorge. Star+, – ter – 17

Contratos macabros

A Queda da Casa de UsherFoto:

A Netflix estreia “A Queda da Casa Usher”, série assinada por Mike Flanagan que adapta um dos contos mais clássicos do escritor Edgar Allan Poe. A trama conta a história de Roderick Usher (Bruce Greenwood), CEO de uma farmacêutica corrupta que precisará encarar os fantasmas de seu passado à medida que seus filhos começam a morrer de formas misteriosas e brutais. Os fenômenos macabros parecem estar ligados ao surgimento de Verna (Carla Gugino), uma figura enigmática descrita como uma criatura demoníaca capaz de mudar de forma e cujas origens estão relacionadas a algumas das figuras mais emblemáticas da literatura de Poe. No elenco, Mark Hamill, Carl Lumbly, Willa Fitzgerald, Kate Siegel e Samantha Sloyan, entre outros. Netflix – qua – 18

Brasil em perspectiva

O Globoplay resgata uma das obras mais importantes da carreira de Gilberto Braga: “Pátria Minha”. Exibida originalmente em 1994, a trama conta a história de Alice (Cláudia Abreu), estudante idealista que presencia um grave atropelamento causado pelo poderoso Raul Pellegrini (Tarcísio Meira) empresário inescrupuloso que pressiona a mocinha a testemunhar em seu favor. Alice não é o principal problema de Raul. Através de golpes e armações, Lídia Laport (Vera Fischer), vai fazer de tudo para destruir o casamento do empresário e se impor como nova Sra. Pellegrini. Mãe de Rodrigo (Fábio Assunção), com quem Alice acaba namorando, Lídia tem uma paixão escondida por Pedro (José Mayer), que regressa ao Brasil depois de longa temporada como imigrante nos Estados Unidos e encontra sua família vivendo um uma favela carioca que corre o risco de ser desocupada por conta do momento de grande especulação imobiliária da cidade. Com 203 capítulos e recheada de polêmicas, a produção foi dirigida por Dennis Carvalho e contou com nomes como Eva Wilma, Petrônio Gontijo, Felipe Camargo e Marieta Severo no elenco. Globoplay – sex – 20

Cores em tudo

O Futuro Está MortoFoto:

A HBO Max estreia sua nova série nacional “B.A.: O Futuro Está Morto”. Com oito episódios, a obra é livremente inspirada em “O Beijo Adolescente”, HQ do quadrinista Rafael Coutinho. Criada por Mariana Youssef e Peppe Siffredi, a série foi produzida pela Gullane para a Warner Bros. Discovery. A história se passa em um Brasil distópico, onde a floresta amazônica foi privatizada e os adultos são acometidos por um mal que os torna apáticos e monocromáticos. Neste mundo, Palhaço (Shaolin Shabba), Linlin (Giulia Del Bel) e Thomas (Pedro Goifman) se unem para criar a marca B.A (Beijo Adolescente), que reúne autenticidade, cor e diversidade, além de esconder uma sociedade secreta de jovens com superpoderes que buscam curtir a juventude antes de se tornarem maiores de idade. HBO Max – sex – 20

Carta Z Notícias

Blog que traz os principais destaques da televisão brasileira! Confira dicas de programação e outros conteúdos sobre as celebridades.