10 de agosto de 2020 Atualizado 14:41

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Artigos de leitores

Século XXI

Por João Rodella

28 jul 2020 às 08:04

Quando o século XXI abriu as portas e janelas, quanta gente alegrou-se. Alguns exclamaram: poxa, novo século, nova vida.

Porém, o que era alegria passou a ser preocupação, pois o Século não se mostrava muito amistoso.

Vejam: doze milhões de residências onde a comida seria menor, pior ou nem existir. Imagine crianças pedindo, pais aflitos, mães chorosas, corações angustiados.

Muitas famílias mudando-se para casas menores, trocando de escola, caindo o nível de vida.

Alguns na informalidade, inseguros, tentando ganhar o pão. Outros deixando plano de saúde, aluguel, sujando o nome na praça.

Pelo que relatei, dá pra medir todos os perrengues que vieram atormentar a vida de todos.

Com a troca de governo federal, nova filosofia, novas medidas, criou-se expectativa favorável, embasada no licor do povo: a esperança.

De súbito, surgiu o coronavírus mundial. Então, tempos piores, sofrimentos, mortes, quarentena, chuva de preocupações encharcando mentes e alma, pouca produção, mais desempregos.

E agora, João? Agora buscar coragem, acreditar sempre, manter-se unido, reciclar como der, manter a fé, economizar o que puder, priorizar gastos e gerenciar melhor, tendo Deus como bússola e exercendo a cidadania consciente.

A médio prazo, com as medidas emergenciais continuadas, teremos resultados. Não será fácil. Exigirá paciência, tolerância, empenho, sacrifício, inteligência, amor ao próximo e ao Brasil.

A crise vai passar. Deixará marcas, mas o bisturi da fé extirpará as cicatrizes.

Eu acredito. E você, acredita? O Brasilzão deseja que ofereçamos o nosso melhor e Deus também. Doemo-nos.

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos, com 1.800 caracteres (já contando os espaços), para o e-mail opiniao@liberal.com.br.