29 de outubro de 2020 Atualizado 00:05

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Blog da Eclética - por Jucimara Lima

Por amor: Rosa do Bem celebra 10 anos fazendo história e salvando vidas

Por Jucimara Lima

07 out 2020 às 11:38

A presidente Maria Fernanda Grecco Meneghel conta tudo sobre a primeira década do Rosa do Bem

Em 2020 a campanha Rosa do Bem, movimento que visa a conscientização da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, comemora a primeira década. Para saber um pouco mais sobre como foram esses 10 anos e qual a programação para essa edição comemorativa, batemos um papo com a presidente do Rosa do Bem, Maria Fernanda Grecco Meneghel.
Idealizadora da ideia que deu origem à ação, Fernanda conta que o seu maior sonho para os próximos dez anos é ver os hospitais vazios em função das pessoas estarem mais saudáveis Confira abaixo uma entrevista completa com ela.

Qual a programação do Rosa do Bem em 2020?
Nossa campanha de 10 anos do Rosa do Bem está muito especial, diferenciada em razão da pandemia, mas igualmente impactante, com realização de 500 mamografias em parceria com clínicas particulares de Americana; a nossa tradicional iluminação rosa na Avenida Brasil; a troca de 2kg de alimentos por uma bolsa de tecido linda e exclusiva do Rosa do Bem; e a nossa grande novidade: a carreata do Rosa do Bem, que vai contar também com vale-adesão sendo trocado por 1kg de alimento. Muita conscientização, muito amor à vida.

Por que você decidiu abraçar essa causa?
Tudo começou quando eu ainda era criança. Desde os sete anos de idade acompanhava minha mãe, que foi voluntária da Rede Feminina de Combate ao Câncer durante 20 anos. Quando me tornei adulta fui voluntária e depois presidente do Núcleo de Prevenção ao Câncer. Em 2011, iniciei um novo movimento, o Rosa do Bem, em Americana, inicialmente engajado em outro projeto. O Rosa do Bem passou a ser um movimento próprio, com esse nome, registrado e patenteado, desde 2015, com o objetivo de salvar vidas por meio de ações efetivas de prevenção ao câncer de mama e de melhoria da qualidade de vida da mulher, com o sonho de ver os hospitais vazios.

Lá em 2011, quando você iniciou essa caminhada, fazia ideia da dimensão que esse projeto iria tomar?
Sempre acreditei na força do amor e tudo que ele pode causar de bom na sociedade. O crescimento do Rosa do Bem ao longo desses 10 anos foi algo natural e lindo, cada vez envolvendo mais pessoas, conscientizando mais mulheres, proporcionando tratamento e cura a tantas que foram diagnosticadas, permitindo que as pessoas tenham acesso à informação correta, que a mensagem do amor à vida tomasse realmente conta de Americana.

Quantas pessoas foram atendidas nesses 10 anos? Faz ideia de quantas vidas foram salvas?
Nas nove edições realizadas até agora, já realizamos mais de seis mil mamografias, 600 exames de Papanicolau, que foi uma novidade que tivemos em 2019, aproximadamente 48 mil pessoas já participaram da nossa caminhada, além de termos cadastradas no Hospital de Amor cerca de quatro mil mulheres. São apenas alguns números que demonstram a importância de buscarmos cada vez mais a conscientização sobre a importância da prevenção, que salva vidas, muitas vidas, com toda certeza.

Quando olha para trás o que te faz sentir que valeu a pena todo o trabalho?
Cada vez que uma mulher fala que é a primeira vez que ela está fazendo mamografia na vida, cada vez que uma mulher fala que passou a se cuidar mais depois de participar da campanha, cada vez que vejo a iluminação rosa na Avenida Brasil impactando toda a cidade, cada vez que uma das minhas flores toca o sino da cura do Hospital de Amor, meu coração bate forte e eu agradeço muito a Deus por ter a oportunidade de realizar esse trabalho todos esses anos.

O movimento em Americana, acabou inspirando iniciativas em cidades. A intenção era realmente essa de impactar outras regiões e servir de exemplo para todo o Brasil?
Nosso objetivo é sempre impactar o maior número de pessoas, pois é assim que vamos realizar o sonho de ver os hospitais vazios.

Nessa primeira década, qual a maior vitória do movimento Rosa do Bem?
Cada dia é uma nova vitória, quando vejo minhas flores dando os passos de cura, quando sinto que a sociedade está mais consciente sobre a prevenção e a importância da qualidade de vida.

Deixe um recado para as mulheres como alerta sobre a importância de manter o cuidado com a saúde;
Espero que minha mensagem chegue a cada uma das mulheres: menos açúcar, gorduras e cigarros. Menos mágoas, ressentimentos e angústias. Mais verduras, água e uma boa noite de sono. Mais sorrisos, amor e muita fé. Por amor à vida!

Jucimara Lima

Blog da colunista social do LIBERAL, Jucimara Lima, com notícias e informações sobre Americana e região!