20 de junho de 2024 Atualizado 00:54

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Editorial

Menos Área Azul

É necessária que haja tal redução, como clama a comunidade, e que seja significativa

Por Redação

30 de abril de 2023, às 10h58

Conforme o LIBERAL revelou na edição de sábado, está definida pela Prefeitura de Americana a redução do número de vagas de estacionamento da Área Azul. Resta saber onde. Em entrevista na sexta-feira, o prefeito Chico Sardelli (PV) disse aguardar para os próximos dias a finalização de um estudo sobre o formato atual do sistema rotativo. Com isso em mãos, haverá mudanças.

Desde o início da cobrança, em 2019, a Área Azul é motivo de críticas. Há, na região central, uma afirmação comum entre lojistas de que o sistema “acabou” com o movimento do Centro. É bem verdade que a atratividade do Calçadão não é a mesma de anos atrás, mas a Área Azul poderia ser apenas mais um dos fatores que provocaram – ou aceleraram – uma mudança na maneira como a população consome. Em tempos de atendimento pelo WhatsApp e pagamento por meio de relógio, é complexo atribuir um grande fator à derrocada de uma área comercial.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

De qualquer forma, é ponto pacífico que a amplitude do estacionamento pago em Americana é exagerada. O sistema teve início com a cobrança em mais de 2 mil vagas (antes eram cerca de 600), em bairros que outrora não se pagava para deixar o carro estacionado. Em regiões como a da Vila Medon, por exemplo, se paga para ir aos consultórios médicos, onde a espera pode chegar a horas.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

É necessária que haja tal redução, como clama a comunidade, e que seja significativa. A reavaliação do sistema se faz necessária há tempos e é natural que isso viesse a ocorrer. Mas espera-se que dela a população saia beneficiada, obviamente. A esperar o anúncio.

Segurança no trabalho
Reportagem desta edição traça um perfil sobre os acidentes de trabalho em Americana nos últimos dez anos. Nesta véspera de 1º de maio, é imperioso lembrar que empresas que prezam pela segurança de seus trabalhadores podem salvar vidas. A incapacidade gerada por acidentes do tipo é mais do que um prejuízo financeiro. É também mental e social.

O Liberal

Neste blog, você encontra a opinião do Grupo Liberal por meio dos textos editoriais. Há mais de 70 anos, no coração e no espírito, compromisso com a verdade.