21 de junho de 2021 Atualizado 15:47

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Editorial

Mais vacinas

Por Redação

24 jan 2021 às 10:04

A semana que passou teve como fato mais relevante o início da tão aguardada imunização contra a Covid-19. Nos últimos dias, os municípios passaram a receber as primeiras doses da CoronaVac, a vacina que, até então, era a única disponível para a população brasileira.

Negociada pelo governo estadual com o laboratório chinês Sinovac, o imunizante teve sua remessa inicial de seis milhões de vacinas distribuídas para profissionais de saúde, principalmente os que atuam na linha de frente do combate à doença. A quantidade, porém, já se mostrava desde o início insuficiente para dar conta logo de cara da demanda exigida.

Felizmente, na última sexta-feira, uma nova carga de vacinas passou a compor as doses aguardadas pelos brasileiros. Negociada pelo governo federal, o imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford teve sua exportação comercial autorizada pela Índia, que chegou a causar certa apreensão diplomática diante da recusa de disponibilizá-lo quando a gestão já se preparava para trazer ao Brasil as duas milhões de doses encomendadas, no último final de semana. Desfeitos os entraves, a vacina chegou.

Ainda na sexta, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou o uso emergencial de mais 4,8 milhões de doses da CoronaVac, desta vez, que foram produzidas em solo brasileiro, no Instituto Butantan. Com o país chinês resta, porém, solucionar o impasse quanto à importação dos insumos para a produção em escala ainda maior dos imunizantes. A visão ideológica do governo federal em relação à China, entretanto, parece não colaborar para o desembaraço da questão.

Colocar a imunização à disposição dos brasileiros é um papel fundamental que deve ser assumido com grande seriedade pelas autoridades responsáveis. As cenas que vimos nos últimos dias, dos primeiros imunizados, não podem ser interrompidas pela falta de planejamento ou inabilidade de governos com a demanda. Todo empenho é necessário. Que haja soluções e mais vacinas.

O Liberal

Neste blog você encontra a opinião do Grupo Liberal de Comunicação, por meio dos textos editoriais publicados na edição impressa.