05 de agosto de 2020 Atualizado 10:10

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Artigos de leitores

Homenagem para todas as mães

Por Eduardo Paparotti

10 Maio 2020 às 08:49 • Última atualização 11 Maio 2020 às 08:49

Há uns meses atrás, entrando num dos sebos da cidade, encontrei, por um acaso, um livro de poesias e, folheando-o, deparei com o nome do livro e do autor: “Espelho fugaz”, do grande poeta americanense Walter José Faé, ano de 1955. Mas que alegria encontrar uma obra dessas, e de um autor já muito conhecido daquela época.

Walter José Faé, poeta e professor de português, o qual tive o privilégio de ser aluno dele, por alguns anos, na escola de comércio Dom Pedro II em Americana, nos idos anos de 1960. Tomei-o, peguei-o e vim para casa. E entre as 114 poesias dessa obra maravilhosa, encontrei uma poesia própria para o Dia das Mães: “Mãe”.

“Se pompas e riquezas possuísse e a vida se me fôsse em outra atada, a ti, que o pranto vertes com meiguice, tudo eu daria a ti, ó mãe amada. Minha mãe! Se me fôsse a vida alada e se ao azul do céu feliz subisse, quisera que ao meu braço, imaculada, o mundo, embeveeido, ó mãe, te visse! Contigo, minha mãe, sou milionário. Diante do teu amor me maravilho! E nada posso dar-te, visionário. Mas seguindo da vida o negro trilho, amparo encontrarás, em teu calvário, nos braços e no amor dêste teu filho”.

Agora, vamos citar pela Bíblia Sagrada, mães que se destacaram, com exemplos de vida e testemunhos, verdadeiramente cristãs: “pela fé, também, a própria Sara, recebeu poder para ser mãe, não obstante o avançado de sua idade”. Foi esposa de Abraão, o “Pai da Fé”. Isaque e Jacó foram seus filhos, herdeiros com ele da mesma promessa, conforme o livro de Hebreus, 11:9e11. O livro 1° Samuel conta a história de Ana, e “Elcana era seu marido. Então orou Ana, e disse: o meu coração se regozija no senhor”. “E ela teve três filhos e duas filhas, e o jovem Samuel crescia diante do Senhor”. 1° Samuel: 1:8:2:1 e 21. Agora, no Novo Testamento, tivemos a bem-aventurada Maria, que, por obra do Espírito Santo, concebeu, dando à luz, Jesus, o salvador, nosso, e de toda a humanidade!

*Eduardo Paparotti é aposentado

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos, com 1.800 caracteres (já contando os espaços), para o e-mail opiniao@liberal.com.br.