29 de outubro de 2020 Atualizado 11:06

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Artigos de leitores

Gratidão ao cientista Santos Dumont – 5ª parte

Por Carlos Roberto Bertollo

02 out 2020 às 12:14 • Última atualização 02 out 2020 às 12:15

Em 1904, o Sport Club Santos Dumont foi fundado na cidade de Salvador, capital da Bahia. Suas cores eram o rosa e preto. O primeiro presidente foi Octaviano de Souza Paraiso. Ele foi reconhecido pela Federação Baiana de Futebol como vencedor do Campeonato Baiano de 1910, conquistado após vencer o Vitória na final por 2 a 1. O time foi extinto em 1913.

Santos Dumont sempre foi de elevado espírito esportivo, perseverante em alcançar os seus objetivos, com desejo permanente de competir e bater recordes. O presidente do Comitê Olímpico Internacional, barão Pierre de Coubertin lhe conferiu o Diploma Olímpico, em 1905, um dos principais incentivadores na divulgação do lema olímpico. Há 110 anos, em homenagem a um clube amador inglês, era fundado o Sport Club Corinthians Paulista. Mas o que poucas pessoas sabem é que Carlos Gomes e Santos Dumont chegaram a ser lembrados para dar nome ao grande time brasileiro.

Vale lembrar que na época já havia o Sport Club Santos Dumont, citado inicialmente no artigo. Em 1916, o grande cientista visitou a cidade de Curitiba. Na capital paranaense, ele se encontrou com o governador Affonso Alves de Camargo, solicitando que declarasse de utilidade pública a área das Cataratas do Iguaçu.

Nas dependências do estádio do Internacional Foot-Ball Club, o grande cientista foi homenageado. O evento contou com a presença de autoridades e da sociedade paranaense. Como ponto alto da festa, um aeroplano aterrissou no gramado do estádio. Aproveitando a ocasião, os dirigentes do Internacional o convidaram para se filiar ao clube, e ele aceitou o honroso convite, preenchendo e assinando a proposta, tornando-se sócio honorário.

Em 1924, o Internacional Foot-Ball Club fez uma fusão com o América Foot-Ball Club originando o Clube Atlético Paranaense.

Carlos Roberto Bertollo
Estudioso da lenda de Ícaro e criador de réplicas de aeronaves

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos, com 1.800 caracteres (já contando os espaços), para o e-mail opiniao@liberal.com.br.