30 de setembro de 2020 Atualizado 15:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Artigos de leitores

Gratidão ao cientista Santos Dumont – 2ª parte

Por Carlos Roberto Bertollo

09 ago 2020 às 08:00 • Última atualização 07 ago 2020 às 23:57

Pela dedicação de sua vida no desenvolvimento da aviação mundial, tornando a sua grande obra propriedade da humanidade, reporto as suas homenagens póstumas. Após seu falecimento em 23 de julho de 1932, a cidade de Palmira, sua terra natal, em Minas Gerais, passou a se chamar cidade de Santos Dumont.

Em 1936, a lei número 218 declara a data de 23 de outubro como “Dia do Aviador” e neste ano é inaugurado o aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Em 1947, a lei número 165 lhe concede o posto de Tenente Brigadeiro do Ar.

Em 1959, a lei número 3636 lhe concede o posto de Marechal do Ar. Em 1971, a lei número 5716 o proclama “Patrono da Força Aérea Brasileira”. Em 1973, o Comitê de Nomenclatura da União Astronômica Internacional deu o seu nome a uma cratera na Lua. Em 1974, o decreto número 11118 denomina “Praça do Campo de Bagatelle” na cidade de São Paulo, onde está exposta uma réplica do 14 bis.

Em 1984, a lei número 7243 lhe concede o título de “Patrono da Aeronáutica Brasileira”. Em 2006, seu nome foi inserido no Livro dos Heróis da Pátria. Em 2013, a lei número 12831 torna obrigatório manter a sua imagem com a inscrição “Pai da Aviação” em todos os aeroportos, bases aéreas e similares do nosso país. Homenageado nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Neste mesmo ano, um busto em homenagem a Santos Dumont foi inaugurado em Bois d’ Arcy, na França. Neste local, em 1907, Auguste Laureau, prefeito de Bois d’ Arcy, forneceu ao grande cientista um terreno onde ele construiu um galpão para construção de seus projetos.

Com a descoberta das hélices nos anéis de Saturno pela Sonda Cassini, a NASA batizou uma delas com o seu nome. Vale lembrar que o grande cientista é muito homenageado em nosso país e no exterior, dando nome a inúmeras escolas, logradouros, aeroportos, cidades, etc.

*Carlos Roberto Bertollo é estudioso da lenda de Ícaro e criador de réplicas de aeronaves.

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos, com 1.800 caracteres (já contando os espaços), para o e-mail opiniao@liberal.com.br.