20 de abril de 2021 Atualizado 10:35

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Estúdio 52

Os recordes de Demon Slayer: Mugen Train

Ainda sem data de estreia no Brasil, o filme quebrou vários recordes desde seu lançamento

Por Maíra Torres

04 mar 2021 às 08:45 • Última atualização 04 mar 2021 às 17:34

“Demon Slayer: Mugen Train” ou “Demon Slayer: Infinity Train”, estreou em 16 de outubro de 2020 no Japão. Ainda sem data para chegar no Brasil, o filme vem quebrando recordes desde seu lançamento.

O filme é a continuação direta do anime “Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba” (2019). A série de 26 episódios conta a história de Tanjiro Kamado, um jovem que teve sua família devorada por um demônio (oni) com exceção de sua irmã, Nezuko, que se transformou em um deles.

Desde então, o protagonista treina incansavelmente para se tornar um exterminador de onis enquanto busca meios de transformar sua irmã de volta em humana e matar o demônio que acabou com sua família.

Mesmo sendo um oni, Nezuko ajuda o irmão em vários momentos do anime – Foto: Divulgação

Como continuação direta, “Demon Slayer: Mugein Train” mostra Tanjiro, Zenitsu e Inosuke embarcando em um trem para encontrar Hashira Rengoku e ajudá-lo a caçar um demônio que matou mais de 40 exterminadores.

O que eles não sabem é que, no trem, está um dos doze Kizuki (demônios mais poderosos). Adormecidos por um feitiço do oni, eles precisam encontrar uma maneira de acordar e encerrar esse pesadelo.

“Demon Slayer: Mugein Train” teve seu primeiro recorde após 10 dias em cartaz, quando o filme arrecadou US$ 100 milhões, mesmo em meio à pandemia. Foi a maior estreia de um filme no Japão.

Em 30 de novembro, ele ultrapassou a arrecadação de Titanic e se tornou o segundo maior filme do país em termos de bilheteria, atingindo os US$ 264 milhões após um mês e meio. Titanic havia arrecadado US$ 251 milhões.

Ambos, porém, perdiam para o filme mais rentável do Japão: “A Viagem de Chihiro”, do consagrado Hayao Myiazaki. Mas nem o clássico japonês aguentou a briga pelo pódio.

“A Viagem de Chihiro” ficou por 20 anos como maior bilheteria do Japão – Foto: Divulgação

Em 27 de dezembro, “Demon Slayer: Mugein Train” se tornou, oficialmente, o filme de maior bilheteria no Japão, com US$ 313 milhões, deixando Chihiro para trás com seus US$ 305 milhões.

Ainda no final do ano, a canção “Homura”, de LiSA, música tema de “Demon Slayer: Mugein Train” foi eleita a canção do ano pelo “Japan Record Awards”.

No final de janeiro de 2021, o filme foi indicado para participar do “Oscar Japonês”, que acontece em 19 de março, o “Japan Academy Film Prize”, ao lado de “Violet Evergarden: The Movie”, “Poupelle of Chimney Town”; “Josee, The Tiger and the Fish” e “Stand By Me Doraemon 2”. Todos concorrem à animação do ano.

Em 23 de fevereiro, o longa se tornou o filme japonês com maior arrecadação ao redor de mundo. E esse “mundo” ainda era muito pequeno. Até a data o filme só havia estreado em Hong Kong, Singapura, Taiwan, Tailândia e Vietnã; nesse último, arrecadou US$ 701 milhões somente em dois dias.

“Demon Slayer: Mugen Train” estreou em 26 de outubro no Japão de 2020 – Foto:

No dia 26, o longa chegou em alguns poucos cinemas dos Estados Unidos, o que deve afetar a sequência de recordes. Na Austrália e Nova Zelândia, “Demon Slayer: Mugen Train” estreou no último dia 28.

Na terra dos cangurus, “Mugen Train” teve a maior semana de abertura para um filme de anime, desde “Pókemon: O filme”, de 1999. Por enquanto, não há data de estreia para o filme no Brasil. A série, no entanto, tem sua primeira temporada disponível no Crunchyroll e está prevista para estrear na Netflix em 1º de abril. O trailer da segunda temporada foi divulgado há duas semanas, apenas com a confirmação de que a continuação sairá ainda em 2021:

Para coroar os feitos até o momento, uma possibilidade levantada pela Variety, ao especular sobre animações indicadas para o Oscar 2021 com base nas indicações do Globo de Ouro, é de que “Demon Slayer: Mugen Train” seja o próximo na lista dos cinco favoritos para concorrer à estatueta norte-americana. Aguardemos.

Maíra Torres

Repórter do Liberal, produtora do Gold Morning e apresentadora do Resumo Gold na FM Gold. Entusiasta de animações desde que aprendeu a abrir os olhos e otaku recém-nascida. A doida que assiste três filmes seguidos no cinema.

Estúdio 52

Quer saber sobre aquela série que está bombando na internet? Sim, temos. Ou aquele jogo que a loja do seu console vai disponibilizar de graça? Ok. Curte o trivial e precisa dos lançamentos do cinema? Sem problema, é só chegar.