02 de dezembro de 2021 Atualizado 19:06

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Estúdio 52

Oitavo episódio de WandaVision tira dúvidas e expande o MCU

Com maestria, capítulo explica a origem da realidade inventada por Wanda e dá maior profundidade à personagem

Por Rodrigo Alonso

26 fev 2021 às 14:11

Cheio de reviravoltas, o oitavo episódio de WandaVision já deixa o terreno preparado para o encerramento da série, que chega ao fim na próxima semana.

O capítulo, disponibilizado pela Disney+ nesta sexta-feira (26), acerta em cheio em todos os aspectos e expande ainda mais o MCU (Universo Cinematográfico Marvel), que já era gigantesco, diga-se de passagem.

Várias dúvidas foram tiradas, principalmente no que diz respeito à origem da realidade inventada por Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen). E isso foi feito com maestria, dando maior profundidade à personagem – a partir daqui, cuidado com spoilers.

O episódio também aborda os poderes de Wanda. Basicamente, além de controlar objetos, manipular mentes e soltar “poderzinho”, ela pode alterar a possibilidade dos acontecimentos.

E tudo indica que ela já conseguia essa proeza mesmo antes de se voluntariar para os experimentos com o Cetro de Loki. Até porque teria sido dessa forma que a personagem e seu irmão, Pietro, sobreviveram ao atentado que matou seus pais.

Esse dom é visto como perigoso pela bruxa Agatha Harkness (Kathryn Hahn), e o conflito entre as duas tende a evoluir por conta disso. Inclusive, também foi mostrada um pouco da história de Agatha, que integrava um grupo de feiticeiras no século XVII.

Poderes de Wanda são visto como perigosos pela bruxa Agatha Harkness – Foto: Divulgação / Disney

Do lado de fora do Hex, outra batalha se aproxima de Wanda e deve estourar no nono e último capítulo, que será lançado na próxima sexta. E, nesse caso, ela terá de enfrentar a agência de inteligência SWORD, que conta com uma arma, no mínimo, surpreendente.

Visão em dobro
O Visão (Paul Bettany) apresentado até então na série é somente uma criação de Wanda. Não tem nenhuma relação com o corpo dele, que, na verdade, não foi tomado pela super-heroína.

A carcaça do Visão, aliás, continuou na sede da SWORD, que conseguiu reativá-lo e pretende utilizá-lo contra Wanda, conforme foi mostrado na cena pós-créditos.

O Visão apresentado até então é apenas uma criação de Wanda Maximoff – Foto: Divulgação / Disney

A dúvida é: como o Visão criado por Wanda adquiriu consciência própria a ponto de contrariá-la? E será que, mesmo sendo “irreal”, ele ainda terá um papel importante na história? Talvez essas perguntas sejam respondidas no próximo episódio, que vai encerrar uma série, até aqui, espetacular.

Rodrigo Alonso

Repórter do LIBERAL, está no grupo desde 2017. É “fifeiro” desde criança e, se puder, passa horas falando de filme e série, então nada melhor do que unir o útil ao agradável.

Estúdio 52

Quer saber sobre aquela série que está bombando na internet? Sim, temos. Ou aquele jogo que a loja do seu console vai disponibilizar de graça? Ok. Curte o trivial e precisa dos lançamentos do cinema? Sem problema, é só chegar.