12 de maio de 2021 Atualizado 23:45

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Estúdio 52

O que esperar do novo filme de Nanatsu no Taizai (Seven Deadly Sins)?

Casamento entre Diane e King, uma nova Batalha com vilões fada e gigante e Sete Pecados em ação: veja a análise do trailer

Por Maíra Torres

01 Maio 2021 às 08:01 • Última atualização 01 Maio 2021 às 09:09

Desde que Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai) anunciou seu segundo filme, “The Seven Deadly Sins: Cursed by Light”, que deve ser exibido no Japão em 2 de julho deste ano, os fãs, incluindo eu, comemoraram de alegria e começaram a bolar hipóteses sobre o que devemos ver na nova produção.

Poster divulgado do filme, que chega ao Japão em 2 de julho – Foto: Divulgação

O longa deve chegar logo após o final da última temporada “Seven Deadly Sins: Dragon’s Judgment”, que começou a ser exibida em terras japonesas em 14 de janeiro (e retransmitido legendado para o Brasil não tão secretamente em canais do Youtube) e, pelas contas, se encerrará ao final de junho.

A data foi escolhida de propósito, pois “Cursed by Light” se passa logo após os acontecimentos da última temporada, e, por isso, vai incluir cenas que o autor Nakaba Suzuki não conseguiu acrescentar à franquia, segundo entrevistas que ele concedeu à imprensa.

No entanto, após assistir ao primeiro trailer liberado, os espectadores perceberam que os acontecimentos do longa também não foram estão presentes no mangá.

Até onde está disponível na Netflix, os irmãos ainda eram inimigos – Foto: Divulgação

Para contar sem grandes spoilers, a publicação termina com o final da Guerra Santa, várias derrotas e vitórias entre os pecados, e então, um salto para o futuro onde alguns casais que conhecemos já estão casados e outros até com filhos.

O filme se passa antes desse salto, em determinado momento após a Guerra Santa, mesma época do casamento de Diane e King. Teremos novos personagens, uma batalha entre Meliodas e Zeldris com novos vilões, pelo menos um dos casamentos entre os principais e até o início de uma nova batalha.

Análise do trailer

Antes de efetivamente começar a contar a sinopse da nova produção, o narrador contextualiza quem são os Pecados Capitais. A história se passa, segundo a voz onisciente, “no período de paz” após o fim da Guerra Santa, onde vemos a cerimônia de Diane e King e vários personagens já queridos reunidos para celebrar.

Entretanto, os problemas voltam a aparecer com um colapso no Mundo dos Demônios e a vinda dessas criaturas, que estão sem rei, à dimensão de Britannia. É aí que vemos os dois novos vilões: Dahlia, rei da 2ª geração de fadas, e Dabuzu, mestre artesão dos gigantes, ambos inéditos na série e no mangá.

Dahlia e Dabuzu ainda não haviam sido mencionados no anime ou mangá – Foto: Divulgação

Os dois parecem bem zangados com o fim da Guerra Santa. Meliodas aparentemente já os conhecia, provavelmente do Mundo dos Demônios, e fica surpreso em revê-los. O anúncio do filme é de que esta será, efetivamente, a Batalha Final, que encerrará os desdobramentos da Guerra Santa.

Meliodas e Zeldris, agora unidos, se esforçam durante a luta, já que os oponentes aparentemente são fortes. Algo a se pensar é que, dos vários clãs existentes, vemos ao longo da série, disponível na Netflix, a fada Gloxínia (rei) e o gigante Drole (Deus) integrarem os Dez Mandamentos. Os novos vilões são do mesmo clã e também vêm do Mundo dos Demônios. Coincidência? Acho que não. Descobriremos em 2 de julho.

No trailer, ainda vemos gigantes sendo controlados para atacar Liones, muito provavelmente à mando de Dabuzu, em uma referência à história clássica do “Flautista”, que soprava uma flauta, assim como já vimos que o artesão tem, para encantar ratos e manipulá-los.

Meliodas dá a deixa para os Pecados entrarem em ação. Ele diz “não estamos sozinhos”, e a tela é dividida entre Diane, Ban, King e Gowther. Merlin e Escanor não aparecem, um deles sabemos o porquê.  Conforme mostrado mais a frente, Merlin está junto de um Arthur choroso, mostrando uma relação aparentemente abalada por algum motivo.  A questão é que ela não aparece lutando com seus amigos.

Vemos os cinco lutando ao lado de Meliodas, Zeldris e Elizabeth no trailer – Foto: Divulgação

Quanto aos Pecados, eles aparecem dando o melhor de si em batalhas e provando, mais uma vez, o valor do amor e da amizade que sentem uns pelos outros. Elizabeth, para variar, se oferece para lutar junto. Após essas cenas, o narrador diz “Amaldiçoados pela Luz”, e vemos raios de luz azul e um olho com o símbolo do clã das deusas. Não é possível dizer se é de Elizabeth, ou da Divindade Suprema, que, sim, já foi confirmada nesse novo filme.

Um post no Twitter mostrou os dubladores de parte do elenco. Devemos ver Akira Kawashima interpretando um servo de Zeldris, vindo do Mundo dos Demônios, Kana Kurashina como a Divindade Suprema e mãe de Elizabeth, e Yūsuke Inoue, como outro servo de Zeldris.

Dissertando sobre o título, “Cursed by Light” ou “Amaldiçoados pela Luz”, somos levados a pensar se a maldição já existia e “começou a valer” com o fim da Guerra Santa, se era algo que já existia e somente ainda não havia sido mencionado, ou mesmo se foi instaurada após o fim da Guerra Santa. Claro, pela Divindade Suprema, que já havia amaldiçoado Meliodas anteriormente com a vida eterna.

Por enquanto, não temos informações adicionais com novos trailers, posters, ou sinopses divulgadas. O que sabemos, somente, é que dois de julho parece muito longe para quem está curioso, mas chega cada vez mais rápido para quem ainda não sabe como a série termina.

Maíra Torres

Repórter do Liberal, produtora do Gold Morning e apresentadora do Resumo Gold na FM Gold. Entusiasta de animações desde que aprendeu a abrir os olhos e otaku recém-nascida. A doida que assiste três filmes seguidos no cinema.

Estúdio 52

Quer saber sobre aquela série que está bombando na internet? Sim, temos. Ou aquele jogo que a loja do seu console vai disponibilizar de graça? Ok. Curte o trivial e precisa dos lançamentos do cinema? Sem problema, é só chegar.