21 de fevereiro de 2024 Atualizado 23:48

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

Esquadrilha da Fumaça, 71 anos

Por Carlos Roberto Bertollo

07 de junho de 2023, às 07h27

Dedico esta crônica a todos os apaixonados pela arte de voar, em especial à querida esposa Valdelice da Silva Baron Bertollo, aniversariante do mês de maio e aos queridos netos Pedro Bertollo Martins Carvalho e Manuella de Souza Bertollo, fãs de carteirinha desta grande equipe. Tema que me fascina trazendo alegria e paixão pela aviação é escrever sobre a gloriosa FAB (Força Aérea Brasileira), especialmente do EDA (Esquadrão de Demonstração Aérea), a mundialmente conhecida Esquadrilha da Fumaça. Ela comemorou 71 anos e não poderia deixar de prestar-lhes um tributo.

Sua história teve início em 14 de maio de 1952, quando foi realizada a primeira demonstração aérea oficial. Após algumas apresentações e com o objetivo de melhorar a visualização das manobras foi adaptado um tanque com óleo, que pulverizado no escapamento das aeronaves produz fumaça. Foi assim que os cadetes e o público a batizaram de “Esquadrilha da Fumaça”.

A primeira sigla escrita no céu foi “FAB” e a praia de Copacabana no Rio de Janeiro foi pioneira em receber esta homenagem. Dessa história fazem parte as aeronaves NA T6, o jato Fouga Magister, o Neiva T25 Universal, o Embraer 312 T27 Tucano e atualmente o Embraer 314 A29 Super Tucano.

As cores da bandeira do Brasil continuam a compor a pintura do A 29, em destaque a bandeira nacional estampada em sua cauda. Conhecidos como “Embaixadores dos Céus” esta seleta equipe leva aos quatro cantos do Brasil e ao exterior o alto grau tecnológico da indústria aeronáutica brasileira e o excelente profissionalismo e treinamento de pilotos e pessoal técnico. Eles são os especialistas da FAB (Força Aérea Brasileira), além de invocar no público o sentimento patriótico.

A sede da Esquadrilha está localizada na AFA (Academia da Força Aérea), em Pirassununga. O atual comandante é o tenente-coronel aviador Daniel Garcia Pereira. Desejamos vida longa ao EDA e que Deus os abençoe. Fumaça já e sempre.

Carlos Roberto Bertollo
Estudioso da lenda de Ícaro e criador de réplicas de aeronaves

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos para o e-mail opiniao@liberal.com.br.