20 de outubro de 2020 Atualizado 23:45

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Artigos de leitores

É preciso ser antirracista

Por Renan de Angelo

02 jul 2020 às 08:23

Sempre que a pauta racismo vem para o centro do debate, acontecem na sociedade diversas divisões na tomada de partido, mas gostaria aqui de frisar dois lados: os que compreendem o histórico de injustiças e apoiam protestos por justiça; e aqueles que se julgam não racistas, porém não concordam com o pulsar das ruas.

Muitas vezes por falta de conhecimento e de preservação da história, o brasileiro não tem a dimensão do que foi a escravidão e o quanto isso custa para os seus descendentes. Segundo o IBGE, 56,1% da população brasileira é negra ou parda. Como aponta o Mapa da Violência 2019, cerca de 75,5% das vítimas de homicídio no Brasil são negros e 61% das vítimas de feminicídio são negras.

Neste sentido, ainda que muito raso, cabe claramente a reflexão sobre a desigualdade racial em nosso país. Quantos negros você vê em cargos importantes no governo, nas grandes empresas, emissoras, instituições de ensino?

Teoricamente, a escravidão terminou há 132 anos, mas em 520 anos de descobrimento do Brasil há 398 anos de dívida com as pessoas escravizadas. Infelizmente, é comum revivermos a história de preconceito e injustiça, como nos casos mais recentes do americano George Floyd e do brasileiro João Pedro, de 14 anos.

Por que tanta discrepância ao tratar de vidas? É sobre um negro com guarda-chuva ser alvejado por ser confundido com fuzil e sobre uma branca com taco de beisebol ser protegida por policiais. O que determina não é a ação, mas sim a cor da pele para dar valor a sua vida. Por isso, não basta não sermos racistas. É preciso que sejamos antirracistas no nosso país e no mundo.

Nós dissemos vidas negras importam. Nunca dissemos que apenas vidas negras importam. Nós sabemos que toda vida importa. Nós apenas precisamos da sua ajuda com #vidasnegrasimportam, porque vidas negras estão em perigo.

*Renan de Angelo é profissional de Educação Física e Suplente de vereador do PSDB

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos, com 1.800 caracteres (já contando os espaços), para o e-mail opiniao@liberal.com.br.