16 de julho de 2020 Atualizado 13:35

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Artigos de leitores

Do vírus à prática política

Por João Rodella

18 jun 2020 às 08:19

Depois dessas restrições necessárias por causa do coronavírus – fique em casa, use máscara, não espirre, mantenha distância, não aglomere, lave as mãos, nada de beijo, abraços, conversê, deixe o calçado do lado de fora – deu pra perceber como a vida é dureza nos países onde a ditadura impera.

A pessoa vive encabrestada, com pouca liberdade de ir e vir, até de comentar e criticar pra não sumir em algum porão. Aquilo que Deus lhe ofereceu gratuitamente lhe foi tirado, furtado, escondido, impedido. Dá pra concluir que bem se poderia ter uma ditamole e não ditadura, desde que houvesse cidadania consciente, a tal de obediência civil.

Percebendo essas nuances, devemos louvar a nossa democracia que parece consolidada e oferece liberdade. Nosso tempo de ditadura, que várias vezes nos oprimiu, cerceou, castrou, prendeu, excedeu, desceu o porrete, exilou, confiscou, fez sumir e outras barbaridades, deve ficar no passado, bem lá longe.

O que esse tipo de regime opressor e repressor fez deve dormir no passado pra todo o sempre. Entre outros aspectos negativos, impediu o surgimento de lideranças saudáveis, patrióticas, atuantes, transformadoras. Por isso, as lideranças desse tempo pós ditadura têm apresentado lacunas. A par dessas ausências, está difícil achar o caminho certo a seguir para colocar o Brasil no lugar que merece.

Pergunto: quando encontraremos o rumo adequado? Quando os simpatizantes do quanto pior, melhor, vão se unir em torno de objetivos comuns? Quando os saudosistas daquele tempo vão deixar essa bobagem de lado? Quando aqueles, que flertam com essa anomalia, vão perceber que olham torto e com amnésia para aquele tempo?

Século 21: outros tempos, outro Brasil, outras necessidades, outros jovens, outras tecnologias. Então, que pelo menos no patriotismo e no esforço comum sejamos atuais.

* João Rodella é autor do blog “Reflexões de um Octogenário”

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos, com 1.800 caracteres (já contando os espaços), para o e-mail opiniao@liberal.com.br.