18 de outubro de 2020 Atualizado 22:59

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Editorial

Disputa afunilada

Por Redação

17 set 2020 às 09:12

As candidaturas a prefeito em Americana e região começam a se afunilar para as eleições no dia 15 de novembro. Os destaques dos últimos dias têm sido as alianças que estão se concretizando e vindo a público. Encerradas nesta quarta-feira, as convenções anunciaram uniões que, pode-se assim dizer, demonstraram a fragmentação do cenário político americanense, cuja eleição em 2020 pode ser a com mais candidatos na história.

À candidatura tucana, de Rafael Macris, somou-se o empresário Ricardo Molina, do Republicanos, que participou de sua primeira eleição em 2018, para o cargo de deputado federal. O apoio do candidato a vice trouxe ao grupo do PSDB partidos considerados de direita, mas de pouca expressão na cidade.

Nesta quarta, Chico Sardelli (PV) confirmou como vice o vereador Odir Demarchi (PL), num grupo com PSB e Cidadania. Velho conhecido da política americanense, o ex-deputado estadual é tido como um dos principais postulantes ao cargo e se une a um nome bem votado em 2016. No final da tarde, ganhou ainda o apoio do prefeito Omar Najar.

O cenário de definições traz ainda situações desfavoráveis em grupos que sempre estiveram no páreo. Uma delas é a do MDB, que tenta emplacar uma chapa entre Alfredo Ondas e Erich Hetzl (Podemos), mas vive um impasse judicial e político após a destituição do diretório local.

A outra é o isolamento de partidos de esquerda, como o Psol e o PT. Este último, participou de quatro das sete eleições desde 1996, mas em 2020 se viu quase sem opção para disputar o governo.

Na eleição de poucas novidades nos nomes por aqui – todos conhecidos do meio, o prazo agora é para os registros de candidatura, que vão até 26 de setembro. Mas, dos mais de dez nomes que se colocavam como postulantes, os sete que restaram já podem, de vez, entrar no radar do eleitor.

O Liberal

Neste blog você encontra a opinião do Grupo Liberal de Comunicação, por meio dos textos editoriais publicados na edição impressa.