01 de outubro de 2020 Atualizado 11:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Suas Telas

Destaques das séries e conteúdo ‘on demand’ (30/08 a 5/09)

Os ares praianos do Rio de Janeiro e do Leblon chegam ao Viva Play em “Mulheres Apaixonadas”, sucesso exibido originalmente em 2003

Por Geraldo Bessa / TV Press

30 ago 2020 às 08:00 • Última atualização 28 ago 2020 às 15:00

A novela “Mulheres Apaixonadas” de Manoel Carlos traz Christiane Torloni na pele de Helena, a protagonista que vive um dilema ao reencontrar um amor do passado. Além do drama familiar, a novela também explorou temas que geraram grande repercussão durante sua primeira exibição. Vera Holtz interpretou a professora Santana, que sofria de alcoolismo.

Apaixonadas – Foto: Globo / Divulgação

Regiane Alves, com os veteranos Oswaldo Louzada e Carmem Silva, abordaram os maus tratos com idosos. Helena Ranaldi e Dan Stulbach deram vida ao casal Marcos e Raquel para abordar a temática da violência contra a mulher. Alinne Moraes e Paula Picarelli eram as jovens namoradas Clara e Rafaela, e trouxeram a homossexualidade para debate. A campanha pelo desarmamento também esteve presente na trama com a personagem de Vanessa Gerbelli sendo uma vítima de bala perdida.

“Mulheres Apaixonadas” também contou com a estreia de Bruna Marquezine e Carol Castro em novelas. Bruna, com apenas oito anos, viveu Salete, filha de Fernanda e Téo. Na época, a atriz fez grande sucesso com o público, sendo elogiada principalmente nas cenas que pediam mais emoção. Já Carol interpretou Gracinha, personagem que entrava na trama para completar o triângulo amoroso com Edwiges (Carolina Dieckmann) e Cláudio (Erik Marmo), e que discutia a virgindade. Viva Play | dom | 30

Amazonia – Foto: Divulgação

Terra sem lei
Novo projeto cinematográfico do diretor Estevão Ciavatta: “Amazônia Sociedade Anônima” é uma das novidades da Globoplay. Produção da Pindorama Filmes, Imazon, Canal Brasil e Coletivo Audiovisual Munduruku, o documentário – que tem como produtor associado o cineasta Walter Salles – faz um importante registro ao longo da BR 163 Cuiabá-Santarém, mostrando os índios Munduruku em sua luta para defender a terra e rios diante de máfias de grileiros de terras. “Amazônia Sociedade Anônima” surgiu após a série homônima desenvolvida pelo diretor para o programa “Fantástico”, entre 2014 e 2015, que teve um dos episódios dedicado à grilagem e ao comércio ilegal de madeira. Ao longo de cinco anos, a narrativa do documentário foi se desenvolvendo à medida que os acontecimentos históricos se davam. O diretor e sua produção acompanharam ações de órgãos oficiais federais no combate ao roubo de terras públicas. Nesse período, presenciaram as duas maiores ações do IBAMA junto ao Ministério Público e a Polícia Federal para combater o roubo de terras públicas no Sudoeste do Pará: as operações Castanheira e Rios Voadores. Ignorando os limites da lei, essas organizações criminosas começaram a avançar sobre regiões de florestas intocadas, chegando cada vez mais perto das terras dos Munduruku. Com o passar dos anos, a produção notou que as ações do IBAMA não estavam sendo suficientes para combater essas máfias de extração ilegal de madeira e roubo de terras. Globoplay | dom | 30

P-Valley – Foto: Divulgação

No meio do nada
Nas profundezas do Delta do Mississippi encontra-se um oásis de areia e brilho em um pedaço áspero da existência humana, onde a beleza pode ser difícil de encontrar. “P-Valley” é drama tipicamente sulista que conta a caleidoscópica história de um pequeno clube de strip-tease e dos grandes personagens que passam por suas portas: os esperançosos, os perdidos, os corações partidos, os jogadores, os belos e os condenados. A “trap music” encontra a produção “noir” nesta série lírica e atmosférica que ousa perguntar o que acontece quando o povo de uma cidade pequena sonha além dos limites de Piggly Wiggly e da casa de penhores. No elenco, Brandee Evans, Nicco Annan, Shannon Thornton, Elarica Johnson, Skyler Joy, J. Alphonse Nicholson, Parker Sawyers, Harriet D. Foy, Tyler Lepley e Dan J.Johnson. Starzplay | seg | 31

Chemical Hearts – Foto: Divulgação

Amor inventado
O filme original Amazon “Chemical Hearts”, baseado no romance de sucesso de Krystal Sutherland, “Our Chemical Hearts”, chega ao Amazon Prime Video com exclusividade. O longa, dirigido e escrito por Richard Tanne, conta com Lili Reinhart, Austin Abrams, Sarah Jones e Bruce Altman no elenco principal. “Chemical Hearts” conta a história de Henry Page (Austin Abrams), que acreditava que entrando no último ano do ensino médio, finalmente, conseguiria o cargo tão cobiçado por ele: o de editor do jornal da escola. Em vez disso, ele é convidado a dividir o cargo com a novata Grace Town (Lili Reinhart), uma garota misteriosa e encantadora. Com o tempo, Henry acaba se apaixonando por ela – ou pelo menos por quem ele acredita que ela é – e está determinado a ajudá-la a juntar os pedaços de sua vida, mesmo ela não gostando muito desta ajuda. O filme é uma jornada de autodescoberta que captura as emoções, decepções e confusões de ser um adolescente. Amazon Prime Video | ter | 1

Devs – Foto: Divulgação

Segredos digitais
O Fox Premium apresenta “Devs”, a aguardada primeira criação para a televisão de Alex Garland, cineasta reconhecido por seus trabalhos de ficção científica que, por meio de personagens profundos e grandes ideias elegantemente desenvolvidas, explora conceitos como a teoria do multiverso, a inteligência artificial, o livre arbítrio e a complexidade das ambições pessoais, questionando até onde pode chegar o ser humano quando se depara com possibilidades inimagináveis. Ambientada em um cenário tecnológico de vanguarda, a minissérie de oito episódios de uma hora cada fala sobre os alcances da tecnologia por meio da história de uma jovem engenheira de software chamada Lily Chan (Sonoya Mizuno), que trabalha para Amaya, uma reconhecida empresa de tecnologia da computação quântica com sede no Vale do Silício, o centro tecnológico da Califórnia. Sem acreditar no suposto suicídio de seu noivo Sergei (Karl Glusman), Lily começa a investigar a causa e de sua morte e rapidamente se dá conta de que todas as pistas levam a Forest (Nick Offerman), o enigmático CEO de Amaya e a Devs, a divisão secreta da companhia. Em sua busca pela verdade, Lily descobre uma conspiração tecnológica que poderia mudar o mundo. Fox Premium | qui | 3

Away – Foto: Divulgação

Drama espacial
Uma das grandes apostas do ano da Netflix, a ficção científica “Away” chega ao catálogo da empresa nesta primeira semana de setembro. Anunciada como uma história épica de amor e sacrifício, a produção acompanha um grupo internacional de astronautas em uma missão de três anos com o objetivo de chegar ao planeta Marte. Durante o percurso, a tripulação precisará enfrentar os problemas do trabalho, enquanto se preocupa com as pessoas amadas que ficaram na Terra. Mais voltada para o drama do que para a tradicional trama de ação no espaço sideral, a produção se dedica a aprofundar na psique de cada personagem e explorar as relações dos colegas em um ambiente completamente artificial e controlado. A primeira temporada de “Away” terá 10 episódios protagonizados pela premiada Hilary Swank. No elenco,  Vivian Wu, Ray Panthaki e Mark Ivanir. Netflix | sab | 29

Carta Z Notícias

Blog que traz os principais destaques da televisão brasileira! Confira dicas de programação e outros conteúdos sobre as celebridades.