23 de novembro de 2020 Atualizado 13:57

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Suas Telas

Destaques das séries e conteúdo ‘on demand’ (16 a 22/08)

“For Life” é uma série dramática de tribunal inspirada na vida de Isaac Wright Jr

Por Geraldo Bessa / TV Press

16 ago 2020 às 08:00 • Última atualização 14 ago 2020 às 15:45

For Life – Foto: Divulgação

Pela liberdade
A trama de “For Life” acompanha um prisioneiro que se torna um advogado, defendendo casos para outros presos enquanto luta para invalidar sua própria sentença de prisão perpétua por um crime que não cometeu. A série examina as falhas e desafios do sistema penal norte-americano. Ao longo dos 12 episódios, enquanto cumpria pena, Aaron não perdeu tempo sentindo pena de si mesmo. Ele estudou Direito para tentar reverter a sua sentença. Narrada pelo próprio personagem, a série mostra detalhes do que se passa pelos corredores da justiça, ora da prisão ora do tribunal. Dentro do cárcere, o protagonista mantém uma boa relação com a diretora, Kate Ferguson (Indira Varma), passando-lhe informação obtida junto dos guardas prisionais, mas nunca a dos outros presos. Do lado de fora, apesar de sua ex-esposa, Marie Wallace (Joy Bryant), ter refeito a vida com outro homem, ela é a única pessoa em quem ele confia. Criada por Hank Steinberg, com o rapper 50 Cent na produção executiva, além do próprio Isaac Wright Jr., “For Life” tem no elenco nomes como Nicholas Pinnock, Alegria Bryant, Glenn Fleshler, Dorian Missick, Tyla Harris, Maria Stuart Masterson e Boris McGiver. Paramount+ | dom | 16

Hightown – Foto: Divulgação

Instinto de sobrevivência
Situada na bonita, mas sombria, Cape Cod, “Hightown” conta a jornada de uma mulher rumo à sobriedade, ofuscada pelos desdobramentos da investigação de um assassinato. Jackie Quiñones, uma agente do Serviço Nacional de Pescarias Marinhas, vê sua vida mudar quando encontra um corpo na praia, vítima da epidemia dos opióides em Cape Cod. Para lidar com esse trauma, Jackie dá os primeiros passos para se tornar sóbria – enquanto se convence de que precisa desvendar o assassinato. Com oito episódios, o drama policial tem nomes como Monica Raymund, James Badge Dale, Riley Voelkel, Shane Harper, Amaury Nolasco, Atkins Estimond e Dohn Norwood no elenco. Starzplay | seg | 17

Barrados no Baile – Foto:

Jovens e ricos
Um dos grandes títulos dos anos 2000 está de volta no Globoplay. A plataforma estreia o “spin-off”  “Barrados no Baile – Nova Geração”, com novos amores e paixões antigas, traições chocantes e dilemas da juventude contemporânea. Os irmãos Annie (Shenae Grimes) e Dixon (Tristan Wilds) acabam de se mudar com a família para Beverly Hills e o primeiro dia na escola West Beverly Hills é um divisor de águas. O colégio é um grande choque cultural para Annie, uma garota doce, amigável e apaixonada pelo teatro, e para Dixon, um rapaz atleta e estudioso que foi adotado pela família Wilson. Como se não bastasse enfrentar todas as inseguranças e os dramas da idade, eles ainda precisam lidar com o fato de serem os filhos do novo diretor da escola, Harry Wilson (Rob Estes). A família Wilson, incluindo o pai Harry e a mãe Debbie (Lori Loughlin), mudou-se para Beverly Hills para ficar de olho na mãe de Harry, Tabitha Wilson (Jessica Walter), uma ex-estrela de televisão mal-humorada. Globoplay | ter | 18

Pão e Circo – Foto: Divulgação

Mesa de ideias
Composta por sete episódios, “Pão e Circo” é a série Original Amazon que viaja pelas Baixa Califórnia, Puebla, Quintana Roo e Cidade do México, trazendo tópicos diferentes à mesa para serem discutidos entre os convidados. As conversas, moderadas pelo ator e cineasta mexicano Diego Luna, reúnem diversas personalidades para abordar questões fundamentais de interesse sobre os rumos da humanidade, acompanhadas de menus de renomados chefs do México. Série Original Amazon foi apresentada como um formato inovador e pouco visto, a mesma se utilizará do ritual de compartilhar uma refeição como um espaço para dialogar e reunir diferentes pontos de vista. À mesa, políticos, ativistas e diversas personalidades trazem sempre diferentes tópicos de discussão e que tendem para pontos de vistas distintos, porém, com o objetivo de no fim se chegar a um ponto de concordância. Alguns dos temas abordados serão violência de gênero, crise climática, racismo e identidade, descriminalização do aborto, legalização de drogas, imigração, e também a pandemia COVID-19, que contou com um episódio gravado de forma remota durante a quarentena. Amazon Prime Video | qua | 19

The Romeo Section – Foto: Divulgação

Identidade de fachada
A série de espionagem “The Romeo Section” chega ao Brasil via Fox. Já disponível no Fox App, a produção é estrelada pelo escocês Andrew Airlie e se passa em Vancouver, no Canadá. Com dez episódios de uma hora cada, o enredo gira em torno de Wolfgang McGee (Airlie), um ex-agente de campo que agora atua como professor universitário. Mas esta é apenas uma fachada para sua verdadeira atividade. Secretamente, McGee está no comando de uma equipe de espiões conhecidos pelo codinome de Romeu e de Julieta. A missão desses agentes é se infiltrar em meios selecionados, como indústrias, bolsa de valores, tráfico de drogas e armas, entre outros ambientes ilícitos atuando como informantes. No entanto, quando McGee se apaixona por uma de suas recrutas, ele cria uma relação obsessiva com ela, o que coloca em risco seu trabalho e suas vidas. No elenco, Jemmy Chen  Juan Riedinger, Stephanie Bennett e Mathias Retamal, entre outros. “The Romeo Section”foi criada e escrita por Chris Kaddock, que também atua como produtor executivo ao lado de David Frazee e Laura Lightbown. Fox | sex | 21

Dirty John – Foto: Divulgação

Paixão e morte
A segunda temporada da série antológica “Dirty John” já está disponível para os assinantes da Netflix. No segundo ano, a produção conta com um novo elenco e uma nova história. Os episódios são estrelados por Amanda Peet e Christian Slater, que chegam pra suceder os protagonistas da primeira temporada, Connie Britton e Eric Bana. E a trama é baseada no sórdido caso real envolvendo a dona de casa suburbana Betty Broderick, que em 1989 foi condenada por matar seu ex-marido e sua segunda esposa. “Dirty John” desvenda o épico e verdadeiro conto de amor de Broderick. Essa é uma história que se estende da década de 1960 até os anos 1980, através do colapso de um casamento considerado como um dos divórcios mais confusos da América, antes mesmo de terminar em um duplo homicídio. Peet interpretará Broderick, descrita como a perfeita esposa loira e mãe do sul da Califórnia.  Enquanto isso, Slater é o charmoso e infeliz Daniel. Nos Estados Unidos, a série migrou do canal Bravo para a USA Network. Mundialmente, a distribuição ficou por conta da Netflix. Netflix | sab | 22

Carta Z Notícias

Blog que traz os principais destaques da televisão brasileira! Confira dicas de programação e outros conteúdos sobre as celebridades.