01 de outubro de 2020 Atualizado 12:24

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Suas Telas

Destaques das séries e conteúdo ‘on demand’ (13 a 19/09)

“Sassaricando” é a estreia da semana no Viva Play; veja outras dicas

Por Geraldo Bessa / TV Press

13 set 2020 às 08:00 • Última atualização 12 set 2020 às 16:17

Sassaricando – Foto: Divulgação

Vida no arame: Sassaricando
Silvio de Abreu foi um dos responsáveis por criar no imaginário coletivo o conceito de novela das sete: aquela mistura de leveza, comicidade anárquica e apelo popular. A façanha foi conquistada pelo êxito de tramas como “Sassaricando”, estreia da semana no Viva Play. Na história, livremente inspirada no longa “Como Agarrar um Milionário”, de 1953, Paulo Autran é Aparício Varella, um homem de 60 anos que, depois da morte da mulher – a mandona Teodora, de Jandira Martini -, decide curtir a viuvez em sua plenitude. Para isso, trata logo de se envolver amorosamente com o trio de amigas formado por Rebeca, Leonora e Penélope, personagens de Tônia Carrero, Irene Ravache e Eva Wilma, respectivamente. O grande obstáculo para a plena felicidade do viúvo era sua filha, a exótica e mimada Fedora, interpretada por Cristina Pereira. Na trama, a atriz fez uma dobradinha bem sucedida com Diogo Vilela, que viveu o atrapalhado Leozinho. Até hoje, quando se pensa em “Sassaricando”, uma das principais referências na cabeça do público é a voluptuosidade de Tancinha, a escandalosa personagem vivida por Cláudia Raia, que era disputada pelo amor de Apolo e Beto, de Alexandre Frota e Marcos Frota. Viva Play | dom | 13

Starzplay – Foto: Divulgação

Starzplay: Sintonia musical
Uma das estreias mais aguardadas do Starzplay, “High Fidelity” acabada de chegar ao aplicativo. A aclamada adaptação televisiva do romance de Nick Hornby e do filme, lançado em 2000, conta 10 episódios lançados semanalmente. A série é protagonizada por Zoë Kravitz e reimagina a história a partir da perspectiva feminina.  Na trama, Rob, é uma grande fã de música e dona de uma loja de discos, obcecada pela cultura pop e por listas de Top Cinco. A produção é aposta em uma nova abordagem do personagem interpretado no filme por John Cusack, falando diretamente para a câmera enquanto narra relacionamentos passados. “High Fidelity” foi desenvolvida para a televisão pelas roteiristas Veronica West e Sarah Kucserka. Produzida para o Hulu nos Estados Unidos, a série é uma produção da ABC Signature, uma parte da Disney Television Studios. Starzplay | seg | 14

Narciso em Férias – Foto: Divulgação

Narciso em Férias: Voz presa
“Narciso em Férias” fez sua estreia mundial no Festival de Veneza e já está disponível, com exclusividade, no Globoplay. No filme, Caetano Veloso faz um relato íntimo e detalhado de sua prisão pela ditadura militar em dezembro de 1968: os dias na solitária, as canções que marcaram o período de confinamento, os episódios vividos com seu amigo Gilberto Gil, preso no mesmo dia. Ao longo da exibição, Caetano também lê e comenta uma série de documentos secretos da ditadura que estavam inéditos até hoje. Dirigido por Renato Terra e Ricardo Calil, o longa é uma realização Uns Produções, produzido por Paula Lavigne, e coproduzido pela VideoFilmes, de Walter Salles e João Moreira Salles. No dia 27 de dezembro de 1968, 14 dias depois de decretado o AI-5, Caetano e Gil foram retirados de suas casas em São Paulo por agentes à paisana sem receber explicações. Foram 54 dias encarcerados. O título “Narciso em Férias”, que também dá nome ao capítulo sobre a prisão de Caetano em seu livro “Verdade Tropical”, foi tirado do romance “Este Lado do Paraíso”, do escritor norte-americano F. Scott Fitzgerald. Ele se refere ao fato de Caetano ter passado quase dois meses sem se olhar no espelho. Foi na prisão que o compositor recebeu de sua então esposa Dedé um exemplar da revista Manchete, com fotos inéditas da Terra vista do espaço, o que inspirou a composição da música “Terra” dez anos depois. Globoplay | ter | 15

Mrs America – Foto: Divulgação

Mrs. America: Revolução feminina
Produzida e protagonizada pela duas vezes vencedora do Oscar e do Globo de Ouro, Cate Blanchett, “Mrs. America” conta com um elenco de luxo integrado por Rose Byrne, Margo Martindale, Uzo Aduba, Elizabeth Banks, Tracey Ullman e Sarah Paulson, entre outras. A série é baseada em eventos reais que ocorreram durante os anos que em que durou o debate sobre a Emenda de Igualdade de Direitos nos Estados Unidos. Na década de 1970, Phyllis Schlafly (Cate Blanchett) é uma advogada e ativista conservadora, conhecida nacionalmente por suas ideias anti-feministas. Os embates entre o grupo liderado por ela e as oponentes feministas são responsáveis por mudar completamente o cenário político-cultural do país. Alguns personagens, caracterizações, incidentes, localizações e diálogos, são criações ficcionais com fins de dramatização. Realizada pela FX Productions, a série foi criada e escrita pela premiada Davhi Waller, que também cumpriu o papel de produtora executiva ao lado de Stacey Sher. Fox Premium | qua | 16

Como se Tornar uma Divindade – Foto: Divulgação

Seita financeira: Como se Tornar uma Divindade na Flórida
Com produção de George Clooney e estrelada por Kirsten Dunst, a série exclusiva “Como se Tornar uma Divindade na Flórida” estreia no Globoplay. Pelo trabalho, Kirsten foi indicada ao Globo de Ouro e ao Critics’ Choice Television como melhor atriz de série de comédia. A série se passa em Orlando no início dos anos 1990. Krystal Gill (Kirsten Dunst) é uma funcionária de um parque aquático que ganha um salário mínimo e se infiltra na Founders American Merchandise (FAM), o oculto esquema de pirâmide de muitos bilhões de dólares que levou sua família à ruína, após seu marido perder tudo no negócio.  Determinada a melhorar sua vida e a encontrar uma forma de sustentar sua filha, Krystal passa a conhecer mais a FAM e seus seguidores fanáticos. Até que seus negócios começam a afetar pessoas próximas, como Ernio (Mel Rodriguez), seu patrão no parque aquático e sua esposa, Bets (Beth Ditto). Globoplay | qui | 17

Boas Vindas – Foto: Divulgação

Boas Vindas: Afetos e fotos
A 13ª temporada do “Boas Vindas” já está disponível no GNT Play. Em meio a um período atípico, o ano tem sido de recolhimento, onde mães e pais vivem gestações e partos de forma mais íntima, mas nem por isso menos festiva e afetiva. A convivência familiar também tem sido impactada, estreitando laços e estimulando reflexões. Tudo isso está retratado no programa, que acompanha esse momento tão especial da chegada de uma criança, através de captações caseiras e também remotas, sem nenhum contato da equipe com as famílias registradas. Cada episódio traz histórias de duas famílias através de fotografias e imagens caseiras. Uma das famílias está na reta final da gravidez e assume o registro do próprio parto, cedendo as imagens para o programa. A outra, famosa, revisita sua trajetória através de fotos de seu acervo pessoal, organizadas em forma de exposição virtual projetada na parede de sua casa e filmada à distância por um drone e por câmeras de operação remota. Esses álbuns ganham novas fotos tiradas pelo renomado fotógrafo Jorge Bispo, que traz para o programa sua experiência com retratos tirados à distância, pelo Facetime, eternizando momentos únicos das famílias. No programa de estreia da temporada, a cantora Aline Wirley e a oceanógrafa Dani abrem suas casas e posam para as lentes remotas de Bispo. A atriz Alessandra Colassanti, que engravidou naturalmente, aos 45 anos, e a cantora Luiza Possi são outros nomes que estão nos episódios seguintes. GNT Play | sex | 18

Carta Z Notícias

Blog que traz os principais destaques da televisão brasileira! Confira dicas de programação e outros conteúdos sobre as celebridades.