28 de maio de 2022 Atualizado 13:47

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

De lagarta à borboleta

Por Katya Forti

28 Janeiro 2022, às 08h22

A existência pode ser comparada ao processo de metamorfose de uma lagarta, que após um longo período de maturação deixa a crisálida para se transformar em borboleta, conquistando assim o seu voo de liberdade.

O útero materno abriga-nos de forma confortável durante nove meses, após o momento mágico da fecundação.

Do mesmo modo, as lagartas se alimentam e crescem. Acumulam energia para a transformação em pupa. Chegada a hora, elas param de comer e cuidam de tecer um bom disfarce protetor. Com seda e gravetos constroem suas próprias casas. Aportadas em galhos, folhas e muros. Nelas, dormem o sono da modificação profunda: a metamorfose.

De onde acordam aladas, livres e sexuadas, explodindo em cores e movimento para dar continuidade à vida da espécie.

O ser humano por sua vez, ao atingir a idade adulta, se depara com inúmeros desafios. É preciso seguir adiante. Enfrentando a situação de acordo com os princípios que conseguiu angariar ao longo da vida como fonte de saber e de sua trajetória pessoal.

Procedendo desse modo, certamente irá descobrir em si mesmo, habilidades, competências e padrões de pensamento até então desconhecidos. Ou ainda em outras palavras, adormecidos, aguardando o momento exato de seu despertar.

Selvas, campos, bosques, jardins e matas… Onde existirem flores ali estarão as delicadas borboletas. Eles sempre reluzem com cores fortes e brilhantes, carregando nosso olhar em plenos voos pelo céu de anil.

Inspiremo-nos nos exemplos da natureza. Façamos de tudo para impedir que os sentimentos e pensamentos transformem-nos em criaturas enclausuradas em nosso mundo íntimo e particular, sem contato e comunicação com o mundo à nossa volta. Há que se agir com prudência e bom senso. Só assim, permitindo-se ousar, é que estaremos dando os primeiros passos para o nosso voo de liberdade, na encantadora metamorfose da vida.

Katya Forti
Pedagoga
katyaforti.kf@gmail.com

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos para o e-mail opiniao@liberal.com.br.