23 de abril de 2024 Atualizado 17:35

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

CVV faz 40 anos em Americana

Por Celso Gagliardo

28 de fevereiro de 2024, às 08h46

Há 40 anos, em fevereiro de 1984, um grupo de americanenses se reuniu para criar na cidade um posto do CVV (Centro de Valorização da Vida), seguindo as diretrizes da rede. Eles pretendiam se engajar no trabalho de voluntários que prestam apoio emocional e prevenção do suicídio – estar disponível para acolhimento às pessoas que procuram para um desabafo, sob anonimato e sigilo.

A ideia prosperou com apoio inicial do Grupo de Socorristas Cristãs, que cedeu uma sala para que os atendimentos fossem realizados. A equipe do CVV de Limeira ministrou o primeiro treinamento. Depois disso nunca mais o posto deixou de funcionar.

O CVV de Americana completou 40 anos, no domingo, dia 25 de fevereiro. Sua sustentabilidade é assegurada pela Mantenedora do SVVV (Serviço Voluntário de Valorização à Vida), que obtém contribuição dos próprios voluntários, de outros colaboradores e de instituições em geral. A sede própria fica na Rua Carioba, 536, Cordenonsi. Não há contribuição financeira governamental e todos trabalham sem remuneração. O serviço é gratuito, pelo telefone 188 e funciona 24 horas.

O CVV de Americana sempre se fez presente em eventos voltados à saúde mental, com palestras em centros comunitários, escolas, postos de saúde, condomínios, empresas privadas e eventos típicos do “Setembro Amarelo”, mês voltado para a prevenção do suicídio no Brasil.

Comemorar 40 anos é motivo de muita alegria. O grupo homenageia aqueles que lutaram pela causa, desde a sua fundação. Valeu a pena! O CVV de Americana precisa de voluntários e qualquer pessoa acima de 18 anos pode ser, desde que faça o curso de capacitação e seleção, gratuitamente. Interessados podem se inscrever pelo portal www.cvv.org.br.  

Celso Gagliardo
Profissional de recursos humanos

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos para o e-mail opiniao@liberal.com.br.