26 de fevereiro de 2024 Atualizado 08:02

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

A Cidade É Nossa

Cemitério precisa de mais atenção

O Cemitério da Saudade continua “vivendo sem saudade”, se pronuncia seu Dotô

Por J. C. Nascimento

21 de outubro de 2023, às 09h32 • Última atualização em 21 de outubro de 2023, às 09h33

O Cemitério da Saudade continua “vivendo sem saudade”, se pronuncia seu Dotô. Limpeza que era padrão deixou de existir.
•••
Ele lembra que Finados está próximo e o local precisa receber atenção maior com relação à limpeza. Tomara.
•••
“Quem acha que sua saúde futura está garantida pela cobertura de um plano complementar poderá passar por forte decepção e por novos problemas”.
•••
“Estes planos estão mergulhados em crise e nada indica sua recuperação e as margens das operadoras seguem fortemente pressionadas”. (Celso Ming, Estadão)
•••
Tomógenes ficou admirado com a notícia da existência, há mais de ano, de plano de saúde dedicado aos pets.
•••
Recomeçaram os jogos do Campeonato Brasileiro, nesta semana. O Timão empatou, São Paulo, Santos e Palmeiras perderam.
•••
“Como astros no mundo, vós resplandeçais, mensagem de vida ao mundo anunciando: da vida a Palavra, com fé, proclameis, quais astros luzentes no mundo brilheis”. (Fl 2,15s) (LD)
•••
Perdemos Wladimir Otero, o Wladão, aos 87 anos. Faleceu na quinta-feira. Jogador de basquetebol da cidade. Nossos sentimentos à família.
•••
Nossos leitores: Newton Daniel; Pedro Jozzolino Jr; Samuel Moura Costa; Nei Cometti; João Batista Lenhare; Sérgio Comiani e Geraldo José Bueno Neves.
•••
Ficamos por aqui. Antes, essa história de fechar bancos está aborrecendo Caxamba. Além de correntistas terem de mudar de “casa” ainda correm o risco de ficar sem sua conta. 

J.C. Nascimento

Coluna assinada pelo jornalista e corretor J.C. Nascimento. Há mais de 40 anos contando causos de Americana por meio de personagens já conhecidos do público.