30 de novembro de 2020 Atualizado 15:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

A Cidade É Nossa

Campanha precisa de mais respeito

Por J.C. Nascimento

28 out 2020 às 07:07

Se já está assim imagine mais para a frente! Admirada, dona Lucídia ficou ao ver “alguns” ataques de políticos em nossa campanha eleitoral.
· · ·
“Parece até que ser prefeito é coisa muito boa”, avalia Caxamba.
· · ·
Candidato a prefeito de Campinas “transmitiu” no horário político que as pessoas “estão de saco cheio” de política. Caxamba respondeu: “Só contaram pra ele”.
· · ·
Free Lancer fica envergonhado nas caminhadas rotineiras pela Avenida Brasil usando máscara. Ele é o único.
· · ·
A TV mostrou pessoal fazendo protesto na Itália por problema local e cantando: “Sem dinheiro não dá pra cantar na missa”.
· · ·
Tomógenes assistia vídeo de doutor Alain Dutra sobre Alzheimer. Perguntado sobre o que foi anunciado, ele não se lembrou.
· · ·
Tia Adelaide diz que além da sujeira no Cemitério da Saudade, ficou triste e chateada porque roubaram placas e danificaram o túmulo da família.
· · ·
Nossas ruas: Padre Avelino Canazza (Vila Gallo). Salesiano, diretor do Liceu Nossa Senhora Auxiliadora, de Campinas. Em Americana colocou a 1ª pedra no prédio do Dom Bosco. Trabalho simples e conservador com a vida marcada por coerência e virtudes. Conselheiro espiritual do Corinthians, do qual era torcedor e sócio remido (PM).
· · ·
Ficamos por aqui. Antes, para Xandão, o Brasileirão ficou esquisito. Praticamente não há jogo desse certame, mas de outros torneios, como Libertadores, Copa Brasil, etc.

J.C. Nascimento

Coluna assinada pelo jornalista e corretor J.C. Nascimento. Há mais de 40 anos contando causos de Americana por meio de personagens já conhecidos do público.