30 de setembro de 2020 Atualizado 11:37

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Editorial

A nova represa

Por Da Redação

05 jun 2020 às 08:10

Anunciada nesta quarta-feira pelo prefeito Denis Andia, a construção de uma nova represa em Santa Bárbara d’Oeste é notícia positiva a uma cidade que já convive com um abastecimento elogiável. Segundo informações divulgadas pela prefeitura, serão investidos R$ 12 milhões em recursos próprios do município para o reservatório. Na verdade, a obra será uma divisão do volume de água da represa de Cillo, que tem capacidade para armazenar mais de 3 bilhões de litros.

Ainda com aprovação pendente com a Caixa Econômica Federal, que fará a auditoria do contrato da obra, a construção do novo reservatório deve levar um ano. Depois, as fases seguintes são os testes da estrutura e a elevação do nível d’água da nova represa, o que deve durar mais 12 meses.

Apesar de já anunciado, o projeto depende da desapropriação de parte da área de 750 mil metros quadrados que será alagada. Pronto, o reservatório terá capacidade para acumular 2,3 bilhões de litros de água, que pode ser expandida para 3,8 bilhões em caso, por exemplo, de enchentes na área urbana.

O abastecimento de água em Santa Bárbara é conhecido pelas poucas deficiências em questão de fornecimento e qualidade, ainda mais quando se comparado com a vizinha Americana, que convive historicamente com dificuldades para manter as torneiras da população cheias. Mas, faz bem o município em se antecipar a uma questão que pode vir a ser um problema em breve.

É notório o crescimento do número de empreendimentos imobiliários em Santa Bárbara, seja em condomínios residenciais, verticais e horizontais, ou em novos loteamentos, como o que ligará a zona leste à região central. Um bom planejamento para esta expansão iminente e positiva na cidade é fundamental. Garantir o abastecimento de água deve ser parte disso. Espera-se que a obra, de fato, se torne realidade.

O Liberal

Neste blog você encontra a opinião do Grupo Liberal de Comunicação, por meio dos textos editoriais publicados na edição impressa.