24 de novembro de 2021 Atualizado 10:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

A Cidade É Nossa

A hora e a vez do Natal

Por J.C. Nascimento

24 nov 2021 às 07:37

Pelo que se vê e ouve neste ano haverá Natal.
· · ·
O comércio está esperançoso, as pessoas estão esperançosas e não é para menos. Tomara Deus que possamos enfim realizar essa grande festa.
· · ·
Belo vídeo traz mensagem da Igreja de São João Batista, de Carioba, anunciando a realização do tradicional presépio, que será aberto dia 4 de dezembro e pode ser visitado até 6 de janeiro.
· · ·
Aos domingos estará aberto das 14 às 22 horas; aos sábados às 18 horas e de quarta, quinta e sexta-feira, das 19 às 22 horas. Os serviços de alimentação serão com sistema food truck.
· · ·
Antes disso, entretanto, teremos Palmeiras e Flamengo na final da Libertadores no próximo sábado, às 17 horas, no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.
· · ·
Xandão, depois de ter ganho de 2 a 0 do Santos, comemorando como nunca, está dizendo que as torcidas nem estão dormindo em razão dessa partida.
· · ·
Cacá Bueno, filho de Galvão Bueno e piloto de Stock Car, disse ao canal “CT”, no YouTube, que já foi alvo de ataques físicos por ser filho do narrador da TV Globo.
· · ·
“Eu já desci do carro de corrida e começaram a me xingar e jogar latinhas em mim. Eu mandei um dedo de volta. Me arrependo, mas fiz na espontaneidade. Desde os 20 anos, eu tomo vaia. Galvão não é uma unanimidade”, contou Cacá.
· · ·
Nossas ruas: Manoel de Assis Vieira Bueno. Médico. Foi mordomo e provedor da Santa Casa de Misericórdia de Campinas, atuando em todas as epidemias de febre amarela que assolaram a cidade. Foi também jornalista e um dos fundadores do Centro de Ciências, Letras e Artes. Vereador e intendente municipal (antigo magistrado superior da polícia) de Campinas, de 1899 a 1901. Editou as primeiras leis que regulamentaram o Distrito de Villa Americana (PM)
· · ·
Ficamos por aqui. Antes, as prévias do PSDB mostram o que vai mesmo acontecer com o partido, prevê seu Quinzinho.

J.C. Nascimento

Coluna assinada pelo jornalista e corretor J.C. Nascimento. Há mais de 40 anos contando causos de Americana por meio de personagens já conhecidos do público.