Witzel sanciona PL que proíbe interrupção de energia pela Light e ação cai 15,66%


O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, sancionou nesta segunda, 23, o Projeto de Lei 1999/20 que proíbe o aumento sem justa causa e a interrupção de serviços essenciais, como água, luz e energia elétrica por falta de pagamento. A sanção faz parte de um pacote de PLs para enfrentar a crise da pandemia covid-19.

A notícia afetou ainda mais as ações da Light, que atende 4 milhões de clientes em 31 municípios no estado. O papel da empresa despencou 15,66% no pregão de hoje, para R$ 7,38, acumulando no ano perda de 68,94% no seu valor. Somente no mês de fevereiro, quando o projeto começou a tramitar na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), a queda foi de 65,98%.

A empresa recebeu no dia 10 de março autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a reajustar sua tarifa em 6,21% na média.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora