‘Suitcase’, da PF, mira ex-diretor do Banco do Nordeste por R$ 200 mil em maleta


A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira, 12, a Operação Suitcase, para investigar crimes de corrupção ativa e passiva envolvendo um ex-diretor do Banco do Nordeste que teria recebido R$ 200 mil em espécie. O dinheiro teria sido entregue em uma maleta em um hotel de Fortaleza – daí o nome da ação.

Agentes cumpriram quatro mandados de busca e apreensão nos Ceará e em São Paulo. As ordens foram expedidas pela 11ª Vara Federal de Fortaleza. De acordo com a PF, a investigação é desmembramento de ação que tramitou perante o Supremo Tribunal Federal (STF).

A apuração tem como base duas delações que apontaram que um ex-diretor do Banco do Nordeste teria recebido o dinheiro.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora