01 de março de 2021 Atualizado 16:37

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Política

Ricardo Salles é diagnosticado com covid-19, o 15º ministro a contrair a doença

Salles foi o 15º ministro do governo Jair Bolsonaro a testar positivo para o novo coronavírus

Por Agência Estado

16 fev 2021 às 19:43 • Última atualização 16 fev 2021 às 21:18

Salles testou positivo para o vírus em 16 de fevereiro e sentiu sintomas, como febre - Foto: José Cruz - Agência Brasil

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi diagnosticado nesta terça-feira (16) com Covid-19, informou a pasta em nota.

Segundo o Ministério, Salles apresentou “leve febre, mas passa bem”. A pasta diz que o ministro seguirá a orientação médica de se manter em isolamento.

Salles foi o 15º ministro do governo Jair Bolsonaro a testar positivo para o novo coronavírus.

Desde o início da pandemia, 65% dos 23 ministros de Bolsonaro contraíram a doença, além do próprio presidente e de seu vice, Hamilton Mourão.

O último ministro infectado pelo novo coronavírus foi Tarcísio Freitas, da Infraestrutura, em novembro.

Os primeiros casos no Palácio do Planalto e na Esplanada dos Ministérios surgiram em março de 2020, após o retorno da comitiva presidencial de uma viagem a Miami, nos Estados Unidos.

Salles é um dos ministros bem vistos por apoiadores da ala ideológica do governo. Por outro lado, sofre pressão interna e externa por sua substituição, por causa do aumento do desmatamento e incêndios florestais desde o início do mandato.

Bolsonaro, porém, tem dado sinais de que pretende fortalecê-lo. No fim do ano passado, indicou que Salles chefiará a delegação brasileira a ser enviada em novembro à Cúpula do Clima das Nações Unidas (COP-26), em Glasgow, no Reino Unido.

Veja os ministros que já se infectaram com a Covid-19:

  • Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno;
  • – Minas e Energia, Bento Albuquerque;
  • – da Cidadania, Onyx Lorenzoni;
  • – da Educação, Milton Ribeiro;
  • – da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes;
  • – da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário.
  • – da Casa Civil, Walter Braga Neto
  • – da Secretaria-geral da Presidência, Jorge Oliveira
  • – Marcelo Álvaro Antônio, turismo
  • – Luiz Eduardo Ramos – secretaria de governo
  • – Fábio Faria – comunicações
  • – Eduardo Pazuello – Saúde
  • – Andre Mendonça – Justiça
  • – Tarcísio de Freitas- Infraestrutura
  • – Ricardo Salles – Meio Ambiente

Publicidade