12 de maio de 2021 Atualizado 15:07

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Política

‘O importante são os atos’, diz Mourão sobre fala de Guedes

Por Agência Estado

28 abr 2021 às 11:04 • Última atualização 28 abr 2021 às 15:00

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta quarta-feira, 28, que a fala do ministro Paulo Guedes, da Economia, sobre “o chinês” ter inventado o vírus, se tratava de uma “comparação” entre Estados Unidos e China. Segundo Mourão, comparações do tipo são comuns em reuniões menores.

“O ministro estava fazendo uma comparação entre China e Estados Unidos. São comparações que geralmente são feitas em ‘petit comité’ e que infelizmente foi gravado. É algo que não tem nada de mais nisso”, avaliou o vice-presidente em fala à imprensa na chegada ao Planalto. “É a velha história: a gente tem que ter cuidado com as palavras, apenas isso. O importante são os atos”, comentou.

Na terça-feira, Guedes afirmou durante uma reunião do Conselho de Saúde Suplementar (Consu) que “o chinês inventou o vírus” mas que “a vacina dele é menos efetiva que a do americano”. Após a repercussão negativa da fala, o ministro disse depois que foi “infeliz” em seus comentários. Guedes tem 71 anos e, no mês passado, foi vacinado com a Coronavac, vacina da farmacêutica chinesa Sinovac produzida em parceria com o Instituto Butantan.

Publicidade