13 de junho de 2024 Atualizado 20:59

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Mundo

UE: CDU e CSU vencem eleições do Parlamento Europeu na Alemanha, segundo pesquisas preliminares

Por Agência Estado

09 de junho de 2024, às 16h07

Os conservadores (CDU e CSU), atuando como principal força de oposição na Alemanha, alcançaram 30% dos votos nas eleições para o Parlamento Europeu, ganhando o pleito na Alemanha, segundo projeções das emissoras ARD e ZDF.

CDU e CSU conseguiram manter o mesmo nível de apoio de 2019, superando os resultados das últimas eleições nacionais, ultrapassando ainda o partido Social-Democrata, do chanceler Olaf Scholz, que registrou 14% dos votos, um declínio em relação aos 15,8% de 2019 e bem abaixo do resultado nas eleições nacionais de 2021.

A Alternativa para a Alemanha (AfD), partido de extrema-direita, obteve pouco mais de 16% dos votos, um aumento em relação aos 11% de 2019, apesar de enfrentar contratempos e escândalos envolvendo seus principais candidatos. Os Verdes, parte da coalizão de Scholz, viram seu apoio cair para cerca de 12%, e votos dos Democratas Livres, outro membro da coalizão, foram estimados em 5%.

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia e integrante da União Democrata-Cristã, manifestou contentamento com o resultado obtido pelo bloco, enquanto Kevin Kühnert, dos Social-Democratas, reconheceu a derrota e prometeu recuperação. Alice Weidel, da AfD, destacou o sucesso do partido como reflexo do crescente ceticismo em relação à Europa. O governo de Scholz, que propôs modernizar a Alemanha, enfrentou críticas por desacordos internos e dificuldades econômicas.

Durante a campanha, houve disputas na coalizão sobre o orçamento de 2025, em meio a regras rígidas sobre endividamento. Friedrich Merz, da CDU, descreveu os resultados como “desastrosos” para a coalizão governante, interpretando-os como um aviso antes das eleições nacionais de 2025. A Alemanha detém o maior número de assentos no Parlamento Europeu, com 96 de 720. Fonte: Associated Press.

Publicidade