Trump diz que ‘não se importaria’ de negociar com Irã: “depende apenas deles”


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse em seu Twitter na noite deste domingo que “não se importaria” de negociar com o Irã. “Depende totalmente deles”, afirmou o republicano, colocando como condições para voltar às tratativas o fim da repressão aos protestos que ocorrem no país persa e a abdicação de posse de armas nucleares por parte do regime.

O líder da Casa Branca ainda afirmou que o Conselho Nacional de Segurança americano sugeriu, hoje, que sanções e protestos “sufocaram” o Irã, o que obrigaria o país a negociar. Em meio à crise entre as nações, os EUA, na última sexta-feira, 10, confirmaram a imposição de sanções a Teerã, que assistiu a protestos neste fim de semana após o governo local confirmar sua responsabilidade na queda de um avião ucraniano.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora