14 de junho de 2024 Atualizado 14:36

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Brasil e Mundo

Na África do Sul, ministro é preso por corrupção em meio a negociações para formação de governo

Por Agência Estado

05 de junho de 2024, às 14h23

O ministro de Esportes, Artes e Cultura da África do Sul, Zizi Kodwa, do partido Congresso Nacional Africano (ANC, na sigla em inglês), foi preso e compareceu ao tribunal nesta quarta-feira sob acusações de suborno, justo quando sua legenda estava em reuniões para discutir um caminho a seguir para o país após um impasse eleitoral. Kodwa é acusado de ter recebido subornos de cerca de US$ 90 mil, segundo a polícia. Ele disse que pretende se declarar inocente.

Kodwa, 54, renunciou ao cargo de ministro após a aparição no tribunal, mas negou as acusações, de acordo com uma declaração do ministério. Ele é membro do Comitê de Trabalho Nacional interno do ANC, que se reuniu na terça-feira enquanto o partido discutia como poderia formar um governo após perder sua maioria de 30 anos em uma eleição na semana passada.

O ANC não deu nenhuma indicação de com qual outro partido ou partidos poderia fechar um acordo para governar, mas afirma que se reuniu com representantes de pelo menos outros cinco partidos e as conversas estão em andamento.

A corrupção governamental foi vista como uma das questões que levaram a maioria dos sul-africanos a se afastarem da ANC na eleição.

O partido recebeu 40% dos votos e perdeu sua maioria parlamentar pela primeira vez. Agora, precisa formar uma coalizão ou acordo com outras siglas. Fonte: Associated Press.

*Este conteúdo foi traduzido com o auxílio de ferramentas de Inteligência Artificial e revisado por nossa equipe editorial.

Publicidade