13 de maio de 2021 Atualizado 11:44

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Kamala Harris dirá na ONU que é hora de se preparar para a próxima pandemia

Discurso será coapresentado por representantes permanentes da ONU da Argentina, do Japão, da Noruega e da África do Sul

Por Agência Estado

26 abr 2021 às 08:15 • Última atualização 26 abr 2021 às 08:56

A vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, dirá aos integrantes da Organização das Nações Unidas nesta segunda-feira (26) que agora é a hora de os líderes globais começarem a trabalhar seriamente em como responderão à próxima pandemia global.

O discurso virtual, o segundo de Harris à ONU desde a posse do novo governo, virá em um momento em que os Estados Unidos progridem na vacinação contra a Covid-19 e grande parte do mundo luta para adquirir vacinas.

“Ao mesmo tempo em que o mundo trabalha para superar esta pandemia, nós também sabemos que devemos nos preparar para a próxima”, dirá Harris, de acordo com trechos do discurso obtidos pela Associated Press. O discurso será coapresentado por representantes permanentes da ONU da Argentina, do Japão, da Noruega e da África do Sul.

O governo Biden marcará seus primeiros 100 dias de mandato nesta semana. O presidente dos EUA, Joe Biden, deve discursar no Congresso norte-americano na quarta-feira e destacará o progresso que sua administração fez em resposta à pior crise de saúde pública nos EUA em mais de um século.

Harris, de acordo com os trechos, descreverá amplamente como o governo acredita que os EUA e outras nações devem avaliar colocar sua atenção. As etapas incluem melhorar a acessibilidade aos sistemas de saúde, investir em ciência, em profissionais de saúde e no bem-estar das mulheres, e aumentar a capacidade de produção de equipamentos de proteção individual e fabricação de vacinas e testes.

Kamala Harris diz que muito se aprendeu no ano passado sobre preparação e resposta à pandemia, mas seria insensato mostrar tranquilidade. “Fomos lembrados de que o status quo não é bom o suficiente, e essa inovação é de fato o caminho para frente”, afirmou. A embaixadora de Biden na ONU, Linda Thomas-Greenfield, também está escalada para fazer comentários no evento virtual de segunda-feira.

Fonte: Associated Press

Publicidade