Israel ataca base na Síria horas depois de atingir outros alvos no país


Israel disparou mísseis contra uma base militar no centro da Síria neste domingo, matando um soldado e ferindo outros dois, duas horas depois que outros ataques israelenses no sul da Síria mataram três soldados e feriram sete, reportou a mídia estatal da Síria.

A nova onda de mísseis israelenses atingiu a base aérea de T4 na província de Homs antes da meia-noite de domingo (horário local), de acordo com a estatal TV síria. A emissora citou uma autoridade militar não identificada dizendo que um soldado foi morto e dois ficaram feridos no ataque à base aérea e que um depósito de armas também foi atingido.

Algumas horas antes, as Forças Armadas israelenses confirmaram ter atacado várias posições militares no sul da Síria, incluindo duas baterias de artilharia, vários postos de observação e inteligência e uma unidade de defesa aérea SA2. As Forças Armadas informaram que responderam a dois foguetes lançados da Síria na noite de sábado, que não deixaram vítimas. O Exército disse que um foguete caiu dentro do território controlado por Israel, mas não explodiu.

A agência de notícias estatal síria Sana, citando um oficial militar não identificado, disse que esses ataques atingiram posições militares na região sul de Quneitra, perto das colinas de Golã ocupadas por Israel. Eles também causaram danos materiais, segundo a reportagem.

Este é o mais recente intercâmbio desse tipo em meio a uma crescente tensão na região em relação ao papel do Irã na Síria e em outras partes do Oriente Médio.

Logo após o ataque na manhã de domingo, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse ter ordenado o movimento. “Nós não vamos tolerar disparos contra nosso território e reagiremos ferozmente contra qualquer agressão contra nós”, disse ele em um comunicado. Fonte: Associated Press.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora