14 de junho de 2024 Atualizado 21:44

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Mundo

Conselho da AIEA aprova censura contra Irã por não cooperar com a agência nuclear

Por Agência Estado

05 de junho de 2024, às 18h40

O conselho da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) votou nesta quarta-feira, 5, para censurar o Irã por não cooperar completamente com a entidade da Organização das Nações Unidas, segundo diplomatas. O conselho também fez um pedido para que Teerã dê respostas em uma investigação em andamento e reverta sua decisão de vetar inspetores experientes da ONU em suas instalações.

O fato ocorre apenas uma semana após a AIEA dizer que o Irã elevou seu estoque de urânio enriquecido em níveis próximos dos necessários para armas nucleares, na mais recente tentativa iraniana de pressionar a comunidade internacional.

A votação do conselho de 35 membros da AIEA em Viena abre caminho para uma potencial escalada de tensões entre a agência e o Irã, que já reagiu de forma dura a resoluções similares anteriores.

Vinte membros votaram pela resolução, enquanto Rússia e China se opuseram, 12 se abstiveram e um não votou, entre os presentes, segundo diplomatas. As fontes pediram anonimato para descrever o resultado da votação feita a portas fechadas. A resolução havia sido apresentada por França, Alemanha e Reino Unido. As resoluções da agência não têm força legal, mas enviam uma mensagem política e diplomática forte.

A resolução pede que Teerã implemente um comunicado conjunto entre o país e a AIEA de março de 2023. Naquele texto, o Irã se comprometia a resolver questões sobre locais onde inspetores têm dúvidas sobre potencial atividade nuclear não declarada e a permitir que a AIEA implemente mais medidas de verificação apropriada de monitoramento das atividades.

Publicidade