30 de maio de 2024 Atualizado 17:14

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Mundo

Blinken defende retenção de fornecimento de bombas a Israel e cobra plano para civis

Por Agência Estado

12 de maio de 2024, às 18h33

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Anthony Blinken, defendeu na manhã deste domingo, 12, a retenção do envio de cerca de 3,5 mil bombas a Israel, que poderiam ser usadas na operação militar israelense em Rafah, no sul da Faixa de Gaza. Em entrevista à CBS News, Blinken ainda afirmou que Israel não tem “um plano crível” para proteger os civis de Rafah.

Ele reforçou, no entanto, que esse foi o único carregamento de armas que foi retido até o momento, mas que a situação pode mudar, caso Israel insista na operação militar em Rafah.

“Se houver esta grande operação militar em Rafah, então há certos sistemas que não iremos apoiar e fornecer para essa operação”, disse Blinken.

Além de reforçar que Israel ainda não apresentou um plano crível para os civis de Rafah, o secretário ainda disse que é necessário um plano para quando todo o conflito em Gaza acabar.

“E nós ainda não vimos isso, porque o que temos até agora são partes de Gaza que Israel havia recuperado do Hamas, mas onde o Hamas está conseguindo voltar, incluindo Khan Younis”, alertou Blinken.

Publicidade