29 de fevereiro de 2024 Atualizado 00:31

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

Volume de passageiros da Latam no Brasil cresce 4,9% no início de 2024

Por Agência Estado

09 de fevereiro de 2024, às 13h05

A Latam registrou a marca de 2,98 milhões de passageiros transportados em voos domésticos no Brasil em janeiro deste ano. O volume é 4,9% superior ao registrado no primeiro mês de 2023, quando a companhia alcançou um volume de 2,84 milhões de passageiros.

No mês, a Latam registrou no Brasil um crescimento de 1,8% na sua demanda doméstica de passageiros medida em RPK e ampliou em 0,2% a sua oferta doméstica de assentos medida em ASK na comparação com o mesmo período de 2023.

O RPK de todo o grupo teve crescimento de 20,2% em relação ao mesmo mês de 2023. No mesmo período, a companhia promoveu aumento de 13,9% no ASK. Já na operação cargueira, a empresa ampliou em 11,1% a sua capacidade (ATK) em relação a janeiro de 2023.

“Os resultados deste início de ano comprovam que estamos no caminho certo para que mais brasileiros possam voar. Este será mais um ano de crescimento da nossa oferta para ampliar a capacidade da aviação brasileira e o acesso à aviação em todo o país”, comenta Aline Mafra, diretora de Vendas e Marketing da Latam Brasil.

Anualmente, a companhia transporta no Brasil uma média de 30 milhões de passageiros em voos domésticos e 3 milhões em voos internacionais. São cerca de 700 voos por dia no mercado brasileiro, sendo 650 domésticos e 50 internacionais.

A Latam voa atualmente para mais de 50 destinos no Brasil. Em paralelo, tem ampliado o seu acordo de codeshare com a Voepass, por meio do qual consegue oferecer atualmente passagens aéreas para outros 26 destinos brasileiros, principalmente em aeroportos regionais.

Nos voos internacionais, a empresa conecta 90 aeroportos do exterior com o País em voos próprios. Em junho deste ano, a Latam começará a operar Brasília-Santiago. Em 2023, inaugurou Lima-Brasília, Santiago-Porto Alegre, Los Angeles-São Paulo, Joanesburgo-São Paulo, Santiago-Belo Horizonte e Santiago-Florianópolis.

Também começou a voar para o Brasil a partir de Melbourne (via Santiago) e a partir de Caracas, Havana e Atlanta (todos via Lima).

Publicidade